DIVERSIDADE SEXUAL NO CONTEXTO ESCOLAR: DA CONCEPÇÃO À FORMAÇÃO DOCENTE

Albertina Costa da Silva Costa da Silva, Elizete Santos Balbino

Resumo


A sociedade tem passado por grandes transformações nas últimas décadas e a escola sendo uma das instituições mais importantes para a formação do sujeito, precisa se adequar às mudanças. A diversidade sexual, sem dúvida, é um desses pontos em transformação que precisa ser acompanhado pela escola. Tendo em vista que o professor é o agente principal em todo processo de ensino da escola e que superar os preconceitos na sociedade também exigirá dele novas condutas e atitudes frente às novas realidades. Por isso os objetivos dessa pesquisa são analisar a concepção dos professores sobre a diversidade sexual presente no contexto escolar e investigar a formação dos professores para trabalhar as questões relacionadas a diversidade sexual. Para a realização desse trabalho foram feitas pesquisas bibliográficas e de campo, utilizando para a coleta de dados entrevistas realizadas com cinco professores de uma escola pública estadual de ensino médio localizada no município de Teotônio Vilela – AL. Os resultados da pesquisa evidenciam que apesar dos crescentes avanços nos âmbitos políticos e sociais, a escola ainda tem algumas dificuldades para introduzir esses debates em seu interior, devido à junção de muitos fatores como a insuficiência de políticas educacionais no estado de Alagoas que formulem e divulguem capacitações na área da sexualidade para os professores e a deficiência na formação inicial que não prepara o professor para questões como a diversidade sexual.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.