O ENFOQUE À INCLUSÃO AS PESSOAS SURDAS

Anderson Francisco Vitorino, Danielle Rocha de Souza

Resumo


Este artigo evidencia a trajetória das pessoas surdas rumo à inclusão nas quais tinha direito à vida, por isso, foram banidas da sociedade com a morte. Retrata, ainda, algumas legislações que assegura o direito dos surdos nas escolas. Outro ponto a ser analisado é a formação do professor no tocante a inclusão expondo suas dúvidas e anseios, como também, referencia a problemática dos estudantes surdos que necessitam de um atendimento qualificado que possa auxiliar no processo de ensino aprendizagem tendo como parâmetro a sala de recurso. Portanto, a contribuição do AEE – Atendimento Educacional Especializado está designado à forma de serviço de educação especial, dentro das escolas regulares dando suportes para que tenham condições de atender aos estudantes em processo de inclusão. Diante deste olhar optamos pela pesquisa bibliográfica de caráter descritivo. As analises literárias que foram obtidas através deste estudo serviram de subsídios para os estudos acerca da inclusão que nos permitiu compreender a importância que o profissional de sala de aula regular e AEE tem no processo de ensino aprendizagem das pessoas surdas nas escolas. Contudo, é de suma importância, que os educadores tenham um olhar “especial” para seus estudantes mostrando como conviver com as diferenças de cada indivíduo. Sendo assim, a concepção de inclusão vai além da mera permanência física do estudante na escola. O profissional da área da educação especial tem um papel importante na formação histórica, social, cultura e linguística das pessoas com deficiência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.