CONTRIBUIÇÕES DA ATIVIDADE PRÁTICA PARA O ENSINO E A APRENDIZAGEM DE BIOLOGIA: EXPERIÊNCIA COM A EXTRAÇÃO DO DNA DO MORANGO

Alice Teixeira da Silva, Maria Lusia de Morais Belo Bezerra, Solma Lúcia Souto Maior de Araújo Baltar, Neuza Pereira de Oliveira Silva

Resumo


As aulas práticas/experimentais são estratégias que conferem uma importante abordagem didática dos conteúdos de Ciências e Biologia. Nas escolas, apesar do docente reconhecer que as aulas práticas facilitam a compreensão dos alunos, nem sempre estas atividades são realizadas, principalmente por não possuírem laboratórios. O presente trabalho originou-se a partir de uma intervenção em sala de aula abordando uma atividade prática sobre extração de DNA ou ácido desoxirribonucleico do morango (Fragaria ananassa). Este trabalho propôs identificar as contribuições deste experimento para o processo de ensino e aprendizagem; dinamizar as aulas, bem como revisar o conteúdo de núcleo celular e ácido nucleico. A atividade envolveu alunos do 1º ano do ensino médio de uma escola estadual da SEED/AL (Secretaria de Estado da Educação/Alagoas), na cidade de Arapiraca, vinculada ao subprojeto Biologia do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID/CAPES da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Após o término do experimento, foi aplicado o questionário para os doze grupos participantes da atividade prática. A partir da análise das respostas, constatou-se que, para os alunos, a aula prática ajudou assimilar melhor o conteúdo, que muitas vezes não é compreendido somente com o livro didático nas aulas teóricas; desenvolveu a curiosidade, tornando a aula mais interessante e estimulante, aumentando o desempenho no aprendizado sobre os conteúdos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.