TRABALHANDO COM A DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL POR MEIO DA BRINCADEIRA: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL

Giseliane Medeiros Almeida

Resumo


O presente trabalho diz respeito a um relato de experiência de estagio supervisionado em educação infantil, realizado em um centro de Educação Infantil de Delmiro Gouveia, Alagoas. Discutindo a respeito do projeto de intervenção aplicado intitulado como: “A brincadeira é o espelho que reflete as diferenças: brincado e aprendendo com as múltiplas linguagens”. Tendo como objetivo fundamental desenvolver a percepção das diferenças do eu e do outro por meio das brincadeiras utilizando as múltiplas linguagens para estimular a imaginação, a criatividade e as formas de expressividade da criança pequena, aprendendo a valorizar a diversidade étnico-racial. Buscou-se estabelecer uma relação entre a prática e a teoria, utilizando de referenciais teóricos como: Lopes (2000), Paula (2005), Santos (2007), Anjos (2012), Kramer (2006), a constituição brasileira de 1988, documentos como o Referencial curricular nacional para a educação infantil (RCNEI 1998), as Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil (DCNEI,2010), dentre outros que salientam questões importantes para discussão aqui proposta. Sendo assim, busca-se refletir a cerca dos resultados obtidos com o projeto de intervenção, afirmando a necessidade de temas contemporâneos como racismo, preconceito e discriminação serem trabalhados desde a Educação Infantil numa perspectiva valorativa e interdisciplinar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.