DIRECIONAMENTOS NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DO PLANO DE AULA DE GEOGRAFIA

Thiago Calheiros Dantas, Marys Cenailha Freitas Costa Balbino, Ana Paula Teodoro dos Santos, Tamyris da Silva Farias

Resumo


O artigo analisa quarenta e quatro planos de aula produzidos por treze professores de Geografia, onde ministram suas aulas nas cidades de Arapiraca, Delmiro Golveia, Pilar, Palmeira dos índios e Maceió. As cidades estão situadas no estado de Alagoas. O objetivo deste artigo é perceber como os professores promovem o processo de avaliação na construção dos seus planos de aula, podendo contribuir no planejar de suas práticas para uma perspectiva social da Geografia. Utiliza-se, além dos planos de aula, as narrativas dos professores, que também foram coletadas via e-mail e redes sociais, aproximando-se ao máximo da realidade das escolas no que se refere ao planejamento e ao processo de avaliação. Destaca-se que muitos planejamentos revelaram os processos de avaliação voltados uma Geografia ligada à leitura e descrição das paisagens, poucos foram aqueles que em seus objetivos e metodologia priorizavam o entendimento do espaço geográfico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.