A IMPORTÂNCIA DO PIBID DE FILOSOFIA NA FORMAÇÃO DO LICENCIANDO

José Aparecido de Oliveira Lima

Resumo


Nesta pesquisa procuramos destacar a importância do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID – Filosofia/UFAL, na formação do licenciando em Filosofia, e como esse Programa será importante na futura prática docente com os alunos de ensino médio, ou seja, buscaremos destacar a necessidade de uma boa mediação do conhecimento filosófico pelo professor de filosofia para com os alunos de Ensino Médio. Também destacaremos o importante papel exercido pelo PIBID, através de seus bolsistas, supervisores e coordenadores, neste processo de formação do licenciando. Deste modo, ressaltamos a importância do conhecimento adquirido, do conhecimento transmitido, da vivência e do exercício de observar e de praticar a transformação dos conhecimentos complexos da academia em conhecimentos acessíveis aos alunos do Ensino Médio, através das experiências do PIBID/Filosofia. Acreditamos que, quanto mais cedo os alunos da educação básica tiverem contato com o conhecimento filosófico, mais cedo adquirirão valores, criticidade e autonomia de pensamento, para um melhor desvelamento da vida em que estão inseridos. Contudo, o ensino de Filosofia no Ensino Médio é uma tarefa difícil e desgastante para um professor que utiliza apenas de cinquenta (50) minutos para desenvolver, de maneira atrativa e da melhor forma possível, um conteúdo programático. Desta forma, uma questão se faz necessária: como não banalizar o conhecimento filosófico no Ensino Médio? Como introduzir, de forma problematizadora e instigante, um conteúdo clássico (erudito) para alunos contemporâneos (que na maioria são alunos oriundos da classe trabalhadora)? (MELO, 2013)


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.