PRÁTICAS DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: CAPACITAÇÃO PARA DOCENTES DE ESCOLAS PÚBLICAS DE ARAPIRACA - ALAGOAS

Cícera Lopes dos Santos, Daniele Gonçalves Bezerra, Maria Lusia de Morais Belo Bezerra

Resumo


O presente trabalho buscou conhecer o perfil de professores de Biologia atuantes em escolas públicas de Arapiraca (AL), bem como, promover a qualificação e motivação para a elaboração e utilização de modelos didáticos. Durante um curso de extensão envolvendo 14 professores de Biologia foram coletados dados através de questionários. A média de idade do grupo foi de 36 anos, com média de 9,78 anos de atividade como docente da disciplina de biologia. Verificou-se que 28,48% possuíam especialização na área de abrangência da educação e 71,42% alegaram possuir apenas o ensino superior. A maioria dos professores (92,86%) demonstraram interesse em participar do curso de capacitação. Com relação aos questionamentos após o curso, 33% dos professores afirmaram possuir dificuldade na área de embriologia, seguido por Biologia Celular/Molecular e Histologia, ambas destacadas por 31% dos professores, enquanto as áreas de Genética e Anatomia foram destacadas por 30 e 29% dos docentes, respectivamente. Com relação ao uso de metodologias de ensino, 56% dos docentes alegaram apresentar dificuldades em utilizar o laboratório de ciências, enquanto 46% e 36% apontaram dificuldades para o uso do laboratório de informática e a produção/utilização de modelos didáticos tridimensionais, respectivamente. Diante dos resultados ficou evidente que existem lacunas na formação docente do grupo investigado, sendo necessário investimentos em propostas de formação que sejam dinâmicas e atendam as necessidades dos docentes. Nesse sentido, o curso de modelagem de material didático oferecido ao grupo pesquisado promoveu a motivação para a realização de novos momentos de formação profissional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.