A IMPORTÂNCIA DOS GAMES NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM: UMA ANÁLISE DO GAME “UMA CIDADE INTERATIVA”

Elaine Aquino Rocha, Taís da Silva Lima

Resumo


Compreendendo o avanço gradativo das tecnologias, e que estas, inevitavelmente, fazem parte da vida das pessoas, especialmente daquelas nascidas a partir da década de 80 e 90, de acordo com Prensky (2002), designado, pois “nativos digitais”, a escola, em parceria com os professores, deve incorporar esses instrumentos tecnológicos à prática pedagógica. Um bom exemplo destes materiais como suporte são os jogos (games), que estão frequentemente presentes no cotidiano dos alunos. A eles, a escola não pode ficar indiferente, pois o lúdico é um dos alicerces do papel social da escola, de forma que advogamos ser útil e possível que os alunos brinquem e aprendam ao mesmo tempo. Partindo deste pressuposto, objetivamos compreender de que forma os jogos contribuem para o processo de ensino-aprendizagem, tomando para análise o game "Uma Cidade Interativa", desenvolvido pela Editora Abril Educação e disponível na web. Para fundamentarmos nosso trabalho, pautamo-nos, principalmente, nos estudos de Prensky (2001, 2002) e Matar (2010) que ao fazerem estudos com os games, perceberam o poder interacional dos conhecimentos, a interdisciplinaridade e a facilidade de manusear o jogo, uma vez que os games são ferramentas dinâmicas e eficazes que despertam a atenção e o empenho dos alunos, motivando-os à aprendizagem e à qualidade do ensino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.