CONTRIBUIÇÕES DOS EXPERIMENTOS VIRTUAIS PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE FÍSICA

Emanuelly Torres Nunes, Ivanderson Pereira da Silva

Resumo


Este estudo apresenta uma investigação acerca das contribuições dos experimentos virtuais para a formação de professores de física. Trata-se de uma pesquisa de métodos mistos, no caráter qualitativo foi realizado o estudo de caso e etnográfico, que se deu a partir da observação direta das aulas na disciplina de Estágio Supervisionado 3, ofertada em 2014, na Turma do 7º período do curso de Física em Licenciatura da UFAL, Campus Arapiraca, e também a partir de um grupo focal com os estagiários, o qual foi realizado no término dessa disciplina, cujos dados passaram por uma Análise Textual Discursiva. Em busca de dados quantitativos, se fez necessário a realização de uma pesquisa estatística de levantamento de periódicos das áreas de Educação e Ensino, que publicaram artigos relacionados com as temáticas TIC e EaD. Desta análise foram analisadas 5983 unidades de periódicos, e levantado 5613 artigos. A partir dessa experiência, foi possível constatar que o interesse dos pesquisadores em estudar o uso de experimentos virtuais em sala de aula está aumentado com o surgimento e dependência da população as tecnologias. Os futuros professores de Física acreditam que o uso de experimentos virtuais em suas aulas oferecem subsídios que auxiliam a prática do professor e a aprendizagem dos alunos, que os experimentos reais só podem ser substituídos pelos virtuais na ausência do laboratório de ensino. Esses professores reconhecem que a utilização dos experimentos virtuais como recurso didático aumentaria o interesse dos alunos nas aulas de Física.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.