CONCEPÇÃO DE ALFABETIZAÇÃO: RELACIONANDO COM O LETRAMENTO

Aline Duque da Costa, Camila Roberta de Holanda Araújo

Resumo


O presente artigo propõe como objetivo geral discutir as concepções de alfabetização e letramento e, especificamente, objetivamos entender a diferença entre essas duas concepções e mostrar o desempenho mais eficaz do ensino quando estas permeiam a prática pedagógica de maneira articulada. O procedimento metodológico foi desenvolvido através de uma entrevista realizada com três professoras da rede de ensino privado. Optamos por essa metodologia visto que, tratando de uma pesquisa bibliográfica, entenderíamos as concepções de ensino das docentes sobre o assunto discutido.  Estas, por sua vez, seriam questionadas sobre o que entendem por cada concepção e a maneira de como alfabetizam e/ou letram os seus alunos. No decorrer do artigo, o leitor identificará a ideia central do conceito de alfabetização e letramento e como estes são vistos pelas professoras em questão. De acordo com a pesquisa realizada percebemos que duas das professoras entrevistadas, a 1 e 3, diferenciam  bem  as  concepções  de  alfabetização  e  letramento,  entretanto  a  professora  2 parece estar um pouco  confusa  a  respeito  da  diferença  entre  as  duas.  Como resultados, trazemos a importância do embasamento teórico vinculado à experiência de trabalho, sendo estes dois aspectos tidos como fundamentais para um processo rico de ensino-aprendizagem. Portanto, alfabetizar no sentido de oferecer ao aluno a chance de ler o mundo, possibilita a este uma formação voltada para o seu cotidiano, garantindo uma melhor compreensão do meio e da sociedade a qual estão inseridos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.