O uso de aplicativo de mensagem nas bibliotecas universitárias: um estudo de caso no serviço de referência da Biblioteca do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Robson da Silva Teixeira, Raquel de Melo Porto, Rodrigo Otávio Lopes de Souza

Resumo


O relato de experiência tem como tema avaliar a implementação de um serviço digital como ferramenta de enfrentamento aos desafios impostos pelas atuais Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) nas Bibliotecas de Universidades Públicas Brasileiras, tendo como parâmetro um estudo de caso no setor de referência da Biblioteca Plínio Sussekind Rocha do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IF/UFRJ). Consiste na elaboração de um serviço de aviso on-line pela rede social para comunicar aos usuários os livros com empréstimo em atraso. Tendo em vista os objetivos traçados, desenvolveu-se o projeto em etapas, que consistiu num levantamento das obras com empréstimo em atraso; geração de uma listagem com nome e telefone dos usuários; envio de mensagem pela rede social comunicando o atraso e avaliação dos retornos obtidos. A partir desses dados, constatou-se que dos 38 usuários com livros em atraso, 22 deles (58%) tem cadastro no aplicativo de mensagem e desse total, 17 usuários (77%) responderam a mensagem enviada. Portanto, conclui-se que o serviço de aviso on-line mostrou-se eficaz, dinâmico, prático e em consonância com as necessidades atuais dos usuários da Biblioteca.


Palavras-chave


Serviço de Referência. Biblioteca Universitária. Sistemas de Informação. Redes Sociais. Aplicativo de mensagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, A. P. M.; VIDOTTI, S. A. B. G. O serviço de referência e informação digital. Biblionline, João Pessoa, v. 2, n. 2, 2006. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

ANJOS, C. R.; MARTINS, G. L.; SILVA, K. M. C. et al. O serviço de referência da Biblioteca do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional – IPPUR/UFRJ e seu programa de capacitação de usuários. Biblionline, João Pessoa, v. 8, n. 2, p. 90-96, 2012.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Tradução de Fernando Tomaz. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

BURIN, C.; HOFFMANN, S. G. Novas tecnologias nos serviços de referência em unidades de informação. 2015. Disponível em:< www.crb7.org.br>. Acesso em: 31 jul. 2018.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v. 1.

FERREIRA, P. A.; LUZ, C. R. M.; MACIEL, I. M. S. As redes sociais como fonte de informação: o uso do Whatsapp como ferramenta de apuração da notícia (Rio de Janeiro, Brasil) In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 38.; Rio de Janeiro, 2015. Anais... Rio de Janeiro: INTERCOM, 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 mar. 2018

FERREIRA, P. A. Whatsapp, EXTRA? O uso de novas tecnologias no jornalismo impresso. Monografia de conclusão do curso de comunicação social – ECO – UFRJ, 2014.

FURLAN, B.; MARINHO, B. Redes sociais corporativas. Instituto Desenvolve TI: cursos para capacitação digital. Disponível em:. Acesso em: 01 out. 2013.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1991.

GOMES, H. F. O Ambiente informacional e suas tecnologias na construção dos sentidos e significados. Revista Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n.1, p. 61-70, jan./abr. 2000.

KOTLER, P. Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados. São Paulo: Ediouro, 2009.

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 1999.

RECUERO, R. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009. (Coleção Cibercultura).

SANTAELLA, L.; LEMOS, R. Redes sociais digitais: a cognição conectiva do Twitter. São Paulo: Paulus, 2010. (Coleção Comunicação).

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2009. (Coleção Milton Santos; 1).

SANTOS, J. E.; SANTOS, V. L. C. Geografia dos protestos e meio comunicacional: redes sociais digitais e manifestações populares. Revista movimentos sociais e dinâmicas espaciais, Recife, v. 02, n. 02, 2013. p. 7-22.

SANTOS, V. L. C. As redes sociais digitais e sua influência na sociedade e educação contemporâneas. Holos, ano 30, vol. 6, p. 307-328, 2014.

SILVA, P. M. Sistemas de informação em bibliotecas: o comportamento dos usuários e bibliotecários frente às novas tecnologias de informação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 5, n. 2, p. 1-24, jan/jun. 2008. Disponível em: Acesso em: 13 mar. 2018.

SILVA, C. M.; GOULART, E. E. A presença das IES do ABC Paulista: um estudo de campo na rede social Orkut. Fasci-Tech – Periódico Eletrônico da FATEC-São Caetano do Sul, São Caetano do Sul, v.1, n. 2, p. 6-19, jan./jun. 2010. Disponível em< https://www.fatecsaocaetano.edu.br/fascitech/index.php/fascitech/article/download/14/13>. Acesso em: 26 fev. 2018.

TORRES, C. A bíblia do marketing digital. São Paulo: Novatec, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Os autores são detentores dos direitos autorais e concedem à Ciência da Informação em Revista o direito de publicação simultaneamente disponibilizada de acordo com uma Licença Creative Commons 4.0 Internacional.


Ciência da Informação em Revista | E-ISSN 2358-0763 | Citações no Google Acadêmico

      

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes

Universidade Federal de Alagoas, Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro dos Martins
CEP: 57072-900 | Maceió, Alagoas, Brasil | e-mail cirev@ichca.ufal.br

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


 Os originais publicados na Ciência da Informação em Revista estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.