Chamada Pública - Dossiê "Educação Matemática, Mobilidade e Cibercultura em contextos de ensino e de aprendizagem: dilemas e desafios"

DOSSIÊ TEMÁTICO “EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, MOBILIDADE E CIBERCULTURA EM CONTEXTOS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM: DILEMAS E DESAFIOS”

 

Organizadores

 

Prof. Dr. Carloney Alves de Oliveira

Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

carloneyalves@gmail.com

 

Prof. Dr. Carlos Alberto de Vasconcelos

Universidade Federal de Sergipe (UFS)

geopedagogia@yahoo.com.br

 

 

No momento de mudanças pedagógicas na sociedade em rede, exigem-se dos profissionais da educação o domínio e o compartilhamento de ideias a partir da sua prática pedagógica com às tecnologias digitais da informação e comunicação (TDIC), já que tais tecnologias permitem configurar novas maneiras para seus usuários utilizarem e ampliarem suas possibilidades de expressão, a construção de significados, bem como atuarem para significar o mundo e com ele interagir, e de modo particular  no contexto da Educação Matemática, Mobilidade e Cibercultura.

Justifica-se a escolha do tema para este número temático, o desafio de refletir sobre a importância da Educação Matemática no cenário da Mobilidade e da Cibercultura nos processos de ensino e de aprendizagem, que nos remete a compreender sobre as possibilidades e potencialidades que esse binário possui para produzir significados nestes espaços, dentro e fora da escola, para a reorganização do pensamento matemático relativo às mudanças curriculares, buscando encarar desafios, numa construção coletiva de conhecimento científico.

Buscaremos com os artigos que irão compor este número temático proporcionar espaços para a construção do saber ao processo de ensino e de aprendizagem, a fim de que os sujeitos envolvidos possam construir conceitos matemáticos, e produzir significados nas suas aulas, buscando ressaltar os valores e atitudes de um profissional crítico-reflexivo.

Com o desenvolvimento de novas funções na web, este número temático é gestado ao constatar no universo acadêmico e na Educação Básica as dificuldades de utilização das TDIC e seus recursos disponibilizados na internet e na prática pedagógica dos professores de Matemática, decorrentes de um conhecimento ainda em estágio precário dos seus usuários, tanto a respeito das características quanto das maneiras mais adequadas de empregá-los na sua prática.

Considerando a necessidade de se repensar o cenário do ensino e da aprendizagem matemática com o apoio das TDIC, que viabilize uma proposta de produção de conhecimento a partir da construção de conceitos matemáticos no contexto escolar, a qual possibilite aos sujeitos envolvidos, através da escrita e da leitura nestes ambientes, esperamos que os artigos submetidos possam identificar as contribuições e as potencialidades das TDIC para os processos de ensino e de aprendizagem em Matemática, focando o olhar investigativo nas estratégias didáticas que professores de Matemática e alunos podem utilizar em suas aulas; refletir sobre a formação do professor de Matemática em face das TDIC e apresentar propostas que propiciem interações entre os sujeitos envolvidos e os recursos das TDIC, possibilitando a sua utilização nas aulas de Matemática através de estratégias didáticas.

Portanto, faz-se necessário refletir acerca da Educação Matemática, Mobilidade e Cibercultura para a formação dos professores e seu impacto no contexto educacional, a partir das necessidades e dos objetivos em função de sujeito e da proposta pedagógica de cada curso, pois é por meio desses ambientes que o processo de ensino e de aprendizagem e a formação do professor ocorrem, sendo possível motivar, formar, auxiliar no desenvolvimento cognitivo do sujeito, atingir perfis diferentes, melhorar a formação, fornecer feedback e incorporar interfaces que promovam a troca de informações, reflexões e pesquisas mediante uma comunicação síncrona e assíncrona.

Os artigos do dossiê seguirão os critérios formais da Revista Debates em Educação (disponíveis no endereço http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao) e devem ser encaminhados na plataforma SEER até o dia 29 de junho de 2018, com previsão de publicação em dezembro de 2018 (v. 10, n. 22, 2018).

 

 Acesse este edital em PDF cliclando AQUI.

 

Deise Juliana Francisco

Editora da Revista Debates em Educação