Análise da atuação da equipe polidocente do Programa Escola de Gestores da Educação Básica da Universidade Federal de Ouro Preto

Breynner Ricardo Oliveira, Jianne Ines Fialho Coelho, Magna Campos, Camila Carolina Flausino

Resumo


Este artigo explicita e analisa algumas ações desenvolvidas pela equipe polidocente do Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica (PNEG) na Universidade Federal de Ouro Preto voltada para a formação dos gestores educacionais no estado de Minas Gerais. A equipe responsável pela formação no PNEG, embora de modos e em momentos diferentes, participou ativamente do processo formativo e foi capaz de articular e ter ciência de seu papel pedagógico, para que procedesse aos ajustes e replanejamento contínuos das disciplinas e do Curso de Especialização em Gestão Escolar. Entende-se que o conjunto de ações articuladas e realizadas pela equipe contribuiu para a formação dos gestores e para o enfrentamento de demandas específicas em cada escola atendida por meio dos projetos de intervenção. 


Palavras-chave


Programa Escola de Gestores. Gestão Escolar. Formação Docente. Polidocência. Educação a Distância

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, O. C. S. Evasão em Cursos a Distância: análise dos motivos de desistência. Pesquisa e Avaliação Educação Continuada em Geral. Relatório de Pesquisa. Disponível em: . Acesso em 13/11/2017.

AGUIAR, M. A. S. A política nacional de formação docente, o Programa Escola de Gestores e o trabalho docente. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. especial 1, p. 161-172, 2010. Editora UFPR.

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

BAUMAN, Z. Vida Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2007.

BELLONI, M. L. Educação a distância. 6. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Nacionais do Programa Escola de Gestores da Educação Básica Pública. Brasília, DF, 2009.

CAMPOS, Magna; MARTINS, Lídia. A gestão da equipe e das ações implementadas no Programa Escola de Gestores da UFOP: os desafios da supervisão pedagógica. In: OLIVEIRA, Breynner; TONINI, Adriana (orgs.). Gestão escolar e formação continuada de professores: o programa nacional Escola de Gestores e na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2014.

CAMPOS, Magna; MARTINS, Lídia. Docência universitária, práticas pedagógicas e metodologias ativas em EAD: a experiência da pesquisa-ação no Programa Escola de Gestores da UFOP. In: OLIVEIRA, Breynner; MARTINS, Lídia; FLAUSINO, Camila. Política educacional e formação de professores: reflexões e implicações a partir da Gestão Escolar. Juiz de Fora: Editar, 2017.

CAMPOS, Magna; ZAMPIER, Russell. Ambientes virtuais de aprendizagem e letramento: peculiaridades da escrita acadêmico- científica. In: OLIVEIRA, Breynner; TONINI, Adriana (orgs.). Educação a distância e formação continuada de professores: múltiplas dimensões e desafios da implementação do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2016.

CUNHA, Jaeder Fernandes. Letramento acadêmico: reflexão e algumas considerações sobre cursos de negócios em faculdades privadas populares. Revista Signum: Estudos de Linguagem, Londrina, n. 15/2, p. 129-151, dez. 2012.

GOMES, C.; COSTA, C. M.; VITORINO, D. P.; SALOMON, E. F. S.; GUIMARÃES, G. H.; MORENO, J. C.; BRASIL, L. L.; ÁVILA, S. P. Uso de tecnologias de informação e comunicação em cursos de graduação: uma experiência em Educação a Distância. Assis: Storbem Gráfica e Editora, 2014 (Coleção Pesquisa).

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007

MACHADO, Nilson José. Epistemologia e didática: as concepções de conhecimento e inteligência e a prática docente. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

MARTINS, L. G.; OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. A segunda turma do Curso de Especialização em Gestão Escolar: alterações na dinâmica de formação. In: OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. (Org.). Educação a Distância na Formação Continuada de Professores: múltiplas dimensões e desafios da implementação do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2016, p. 73-85.

MILL, D. R. S.; RIBEIRO, L. R. C.; OLIVEIRA, M. R. G. O. Polidocência na educação a distância. São Paulo: EdUFSCar, 2010.

MOORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a Distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

OLIVEIRA, B. R. Projeto do Curso de Especialização em Gestão Escolar. Ouro Preto: UFOP/CEAD, 2012.

OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. A formação continuada de professores da educação básica e o Programa Nacional Escola de Gestores: o curso de Especialização em Gestão Escolar na Universidade Federal de Ouro Preto. In: OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. (Org.). Gestão Escolar e Formação Continuada de Professores: O Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2014, p. 9-26.

OLIVEIRA, B. R.; MARTINS, L. G.; DUARTE, A. O. Tensões e contradições do trabalho polidocente na formação de professores na modalidade a distância: uma análise do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 2, p. 638-656, abr./jun., 2018.

ROSTAS, Márcia Helena; ROSTAS, Guilherme Ribeiro. O ambiente virtual de aprendizagem (Moodle) como ferramenta auxiliar no processo ensino-aprendizagem: uma questão de comunicação. In: SOTO, Ucy; MAYRINK, Mônica; GREGOLIN, Isadora (orgs.). Linguagem, educação e virtualidade [online]. São Paulo: Editora UNESP/Cultura Acadêmica, 2009. Disponível em: http://books.scielo.org/id/px29p/pdf/soto-9788579830174-08.pdf. Acesso em: 19 mar. 2015.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1986.

ZUIN, A. A. S. Educação a distância ou educação distante? Revista Educação e Sociedade, Campinas, vol. 27, n. 96 - Especial, p. 935-954, out. 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n24p228-244

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

. Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

. European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

. Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library.

 

               

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.