Educação profissional e currículo integrado: um estudo sobre numeramento em curso de agroindústria do Instituto Federal de Alagoas

Anna Laura Silva, Pablo Guilherme Tenório de Melo, Ewerton Roosewelt Bernardo da Silva, Fernando Valério Ferreira de Brito

Resumo


Considerando a necessidade de diálogo entre as disciplinas propedêuticas e da formação profissional, bem como a necessária interdisciplinaridade para a efetivação do currículo integrado na educação profissional de nível médio, este artigo apresenta uma investigação sobre o numeramento requerido à formação do técnico em agroindústria desenvolvida no Campus Batalha do Instituto Federal de Alagoas. Por meio de pesquisa bibliográfica, documental e realização de entrevistas, descobriu-se elementos do numeramento em tela, quais foram: indicador da proficiência do ingresso, contextos de aplicação da Matemática naquela prática profissional, saberes, habilidades e competências de Matemática esperados ao egresso. Esses resultados podem contribuir na revisão do projeto político pedagógico daquele curso e de seus homônimos na Rede Federal, bem como ensejar a elaboração de material didático específico, capaz de auxiliar inclusive na formação continuada de professores que ensinam Matemática no âmbito da educação profissional, científica e tecnológica.

Palavras-chave


Agroindústria; Currículo Integrado; Educação Profissional; Numeramento

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CEB 6/2012. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Diário Oficial da União, Brasília, 21 de setembro de 2012, Seção 1, p. 22.

BRASIL. Lei nº 11892/2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 30 de dezembro de 2008.

BRASIL. Lei nº 9394/96. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro de 1996.

BRASIL. Resolução CNE/CEB 3/2018. Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diário Oficial da União, Brasília, 22 de novembro de 2018, Seção 1, pp. 21-24.

BRASIL. INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Brasil no PISA 2015: Análises e reflexões sobre o desempenho dos estudantes brasileiros. Disponível em: http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/ resultados/2015/pisa2015_completo_final_baixa.pdf. Acesso em: 30/08/2017.

BRASIL. IDEB – resultados e metas. [S. l.], 2019. Disponível em: http://ideb.inep.gov.br/resultado/resultado/resultado.seam?cid=2518101. Acesso: 02 fev. 2019.

BRASIL. Matriz de Referência do ENEM para Matemática e suas Tecnologias. Disponível em http://download.inep.gov.br/educacao_basica/encceja/matriz_competencia/Mat_Mat_Tec_EM.pdf. Acesso em fevereiro de 2018.

BRASIL. Instituto Federal de Alagoas. Deliberação nº. 07/2015/CEPE. Regulamenta o programa de suporte de aprendizagem na educação básica nos campi do IFAL. Maceió, 2015;

BRASIL. Exames de seleção anteriores. [S. l.], 2018. Disponível em: https://exame3.ifal.edu.br/exames/listarExamesAnteriores. Acesso em: 6 ago. 2018

BRASIL. Memorando nº. 88/2013/Proex. Cria os Programas ARTIFAL, MINHA COMUNIDADE, PROPEQ e PROIFAL. Maceió, 2013;

BRASIL. Campus Batalha. Projeto Pedagógico do Curso Técnico Nível Médio Integrado em Agroindústria. Batalha, 2014.

BRASIL. Campus Batalha. Projeto Pedagógico do Curso Técnico Nível Médio Subsequente em Agroindústria. Batalha, 2015.

FERREIRA, Ana Rafaela. Práticas de Numeramento, Conhecimentos Escolares e Cotidiano em uma Tuma de Ensino Médio da Educação de Pessoas Jovens e adultos. Belo Horizonte, 2009.

FONSECA, Maria da Conceição Ferreira Reis. Termos de Alfabetização, Leitura e Escrita para Educadores, Numeramento. Disponível em: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/ verbetes/numeramento. Acesso em 10 de setembro de 2017.

FONSECA, Maria da Conceição Ferreira Reis. Sobre a adoção do conceito de numeramento no desenvolvimento de pesquisas e práticas pedagógicas na educação Matemática de jovens e adultos. IX ENEM, 2007, Belo Horizonte [Anais eletrônicos...] Belo Horizonte, 2007. CDROM.

FURTADO, Múcio M. Queijos Duros. São Paulo, SP: Setembro Editora, 2011.

GOMES, Ana Paula Costa. Implantação de boas práticas de fabricação em uma panificadora no município de Batalha/AL. 19 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2015.

FRIGOTTO. G. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas Ciências Sociais. In: JANTSCH, A. P.; BIANCHETTI, L. (Org.). A interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 1995

LEANDRO, Álvaro José et al. Produção, caracterização e aceitação de licor seriguela. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2017.

LIMA, Elon Lages Lima et al. Temas e Problemas. Rio de Janeiro: SBM, 2010.

LOURENÇO, Edvaldo; Educação Omnilateral e Politécnica. Disponível em: http://www.recantodasletras.com.br/artigos/3886348. Acesso em: 07 out. 2017.

MELO, Isaque Silva et al. Aplicação de biofilmes comestíveis na conservação pós-colheita de tomate. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2016.

MINIM, Valéria Paula R. Análise sensorial: estudos com consumidores. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2006.

O'ROURKE, Una; O'DONOGHUE, John. Guidelines for the development of adult numeracy materials. In COBEN, D.; O'Donoghue, J. (Eds.), Adults learning mathematics - 4: Proceedings of ALM 4: The fourth international conference at the University of Limerick, Ireland. July 4-6, 1997. London, UK: Goldsmiths College.

PEREIRA, Matheus Rocha Martins. Práticas laboratoriais com ênfase em análise físico-química de alimentos. 13 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) – Instituto Federal de Alagoas – Campus Batalha. Batalha, 2017.

PINHEIRO, Tamara Dantas. Controle Higiênico-Sanitário na Indústria de Panificação. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas–Campus Batalha. Batalha, 2015.

PINTO, Paulo Sérgio de Arruda. Inspeção e higiene de carnes. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2008.

RAMOS, Marise. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO; Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (Orgs.). Ensino médio integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

ROCHA, Marizane Tenório. Produção artesanal de queijo de manteiga. 13 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) -Instituto Federal de Alagoas – Campus Batalha. Batalha, 2015.

RODRIGUES, José; Educação Politécnica. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br/dicionario/ verbetes/edupol.html. Acesso em: 08 out. 2017.

SANTOS, Alexandra Alves dos. Qualidade higiênica-sanitária da merenda escolar oferecida no município de Batalha-AL. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2015.

SANTOS, Amanda Barbosa dos. Queijo coalho trufado com goiabada. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2016.

SANTOS, Kátia Gonçalves dos. Acompanhamento da fabricação de derivados de leite na indústria de laticínios e sucos Bom Dia LTDA no município de Batalha/AL. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2016.

SANTOS, Liliana Pinheiro dos. Óleo de coco: obtenção e utilização em biscoito de amido de milho. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) -Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2017.

SAVIANI, Demerval. O choque teórico da politecnia. In: Trabalho, educação e saúde, v. 1, n. 1, 2003, p. 131-152.

SCHERER, Susana Schneid; A Politecnia: Compreensão e Possibilidades para Pensar a Formação Humana no Campo Escolar. Pelotas-RS.

SILVA, Anyele. Produção de iogurte tipo sundae sabor tamarindo (tamarindus indica L.) com propriedades funcionais. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) -Instituto Federal de Alagoas – Campus Batalha. Batalha, 2017.

SILVA, Camila Vieira da. Elaboração e análise sensorial de doce em calda de coroa de frade. 23 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) -Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2016.

SILVA, Elaine Alves da. Normas e condutas em uma panificação. 13 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2015.

TOLEDO, Maria Elena Roman de Oliveira. A estratégia metacognitiva de pensamento e o registro matemático de adultos pouco escolarizados. 2003. Tese (Doutorado em Educação) Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

VILAR, Cecília Thalyne Soares. Conscientização dos perigos relacionados ao consumo de alimentos contaminados. 13 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) - Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2015.

VITAL, Daiane da Silva. Práticas laboratoriais com ênfase em microbiologia de alimentos. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Técnico em Agroindústria) -Instituto Federal de Alagoas-Campus Batalha. Batalha, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n24p495-508

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

. Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

. European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

. Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library.

 

               

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.