ADAPTAÇÕES NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR PARA INCLUSÃO DO ALUNO AUTISTA: um estudo de caso

Ana Paula Costa, Karine Barros da Silva, Wemyclênia Lira dos Santos

Resumo


O presente estudo surge a partir da necessidade de compreender os resultados decorrentes das adaptações na Educação Física Escolar, já que a inclusão de Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais - PNEE’s ainda é um desafio para os sistemas educacionais, sejam eles públicos ou privados. Essa pesquisa tem o objetivo de analisar como ocorrem as adaptações na Educação Física Escolar para inclusão do aluno autista. Para a realização deste estudo foi utilizada uma pesquisa de campo e estudo de caso de natureza qualitativa e realizada através de coleta de dados onde os instrumentos utilizados foram a entrevista semiestruturada e o diário de campo. Os sujeitos da pesquisa foram a mãe de aluno autista, professora de Educação Física e aluno autista do sétimo ano do ensino fundamental II de uma instituição de ensino particular. Nas observações feitas não foram identificadas nenhuma adaptação para inclusão do aluno, porém, observa-se a participação do mesmo nas atividades das aulas, no entanto essa participação ocorre de forma que o aluno busca se integrar espontaneamente, sem nenhum fator inclusivo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.