A EDUCAÇÃO INCLUSIVA NUMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE PENEDO/AL: um olhar para o projeto político pedagógico

Janecleia Ribeiro das Neves, Lyvia Barreto Santos, Janayna Paula Lima de Souza Santos

Resumo


O presente trabalho trata-se de um recorte do Projeto de Extensão “Cultura, Tradição e Identidade: Interface Universidade e Comunidade Quilombola”, da Universidade Federal de Alagoas/Campus Arapiraca/Unidade Educacional de Penedo. Nele buscou-se analisar a teoria e prática do trabalho dos professores referente à educação inclusiva e a relação da formação do professor e suas práticas pedagógica na promoção deste tipo de educação. O principal objetivo foi analisar e comparar os relatos literários sobre educação inclusiva e a realidade diária do professor em escola pública, além de mostrar a importância de conter o tópico sobre Educação Inclusiva no Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas como forma de práticas realizadas e/ou metas a serem alcançadas. A metodologia utilizada foi de caráter pesquisa bibliográfica, uma vez que foi requerido um alcance de informação sobre Educação Inclusiva, na tentativa de apresentar a teoria e a prática em escola pública. Os resultados obtidos estão relacionados ao fato de a Educação Inclusiva, no Brasil, ainda está longe do ideal previsto pelas leis e documentos a favor de uma E. I. de boa qualidade, no entanto, este trabalho mostra-se de grande relevância, na Escola onde a pesquisa foi realizada, mesmo diante das precariedades, sendo até necessário destacar este trabalho no Projeto Político Pedagógico da escola. Portanto, o estudo serviu para reflexão sobre o real e o ideal da Educação Inclusiva nas Escola Públicas do Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.