O USO DE GEOTECNOLOGIAS ABERTAS NA DISCIPLINA GEOGRAFIA AGRÁRIA – ESPACIALIZAÇÃO E DIAGNÓSTICO DA OCORRÊNCIA DA AGRICULTURA URBANA NO BAIRRO SANTA LÚCIA - MACEIÓ/AL

Cirlene Jeane Santos e Santos

Resumo


Este artigo apresenta alguns fundamentos didáticos trabalhados disciplina Geografia Agrária do curso de Geografia (Licenciatura e Bacharelado) da Universidade Federal de Alagoas, as atividades práticas de campo foram iniciadas buscando maximizar o processo ensino-aprendizagem, tornando esse mais significativo para os discentes, a partir da interação da teoria com a realidade, no espaço vivido no cotidiano da cidade. Maceió/AL apresenta em sua configuração urbana, espaços nos quais são desenvolvidas atividades voltadas à agricultura e a criação de animais. As atividades funcionaram como um elemento facilitador do processo, rompendo com a aprendizagem mecânica, transformandoa em uma aprendizagem significativa, pois para além do conteúdo expresso em sala, no contato com a realidade o aluno amplia o seu olhar sobre os conteúdos trabalhados. Os resultados foram satisfatórios, verificou-se que os alunos para desvendarem as relações estabelecidas nesses espaços, trabalharam não somente os conteúdos da Geografia Agrária, ao invés disso, buscaram integrar os diversos conteúdos até então estudados ao longo do curso.

Palavras-chave


Geografia Agrária, Agricultura Urbana, Geotecnologias Abertas,

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


I Colóquio Internacional de Educação Geográfica e  IV Seminário Ensinar Geografia na Contemporaneidade

Universidade Federal de Alagoas - Maceió/AL, 12 a 14 de março de 2018