Relato de Experiência: Projeto de Extensão Agricultura Urbana, hortas orgânicas com materiais recicláveis em pequenos espaços

Erica Ribeiro de Sousa Simonetti, Aline Correia Silva de Oliveira Correia Silva de Oliveira, Suzane Ribeiro Ribeiro Lopes

Resumo


RESUMOProduzir alimentos orgânicos além de minimizar os impactos indesejáveis ao meio ambiente contribui significativamente para a melhoria da qualidade de vida. Levando em consideração a nova demanda por alimentos frescos e saudáveis, o cultivo de hortas no ambiente familiar, torna-se uma boa opção para unir necessidade de hábitos alimentares saudáveis e terapia ocupacional, assim pessoas que possuem locais ociosos e se interessam em produzir hortaliças para consumo próprio. O presente trabalho trata-se de um relato de experiência, como embasamento teórico utilizou-se pesquisa bibliográfica, de caráter descritivo exploratório sobre agricultura orgânica. Foi realizado um curso, proveniente de uma ação de um projeto de extensão do IFTO-Campus Araguatins desenvolvido durante os meses de agosto de 2016 a fevereiro de 2017. Idealizado e desenvolvido por acadêmicos do curso de agronomia. Conclui-se que curso ensinou que é possível aproveitar espaços vazios como, corredores, varandas, sacadas e quintais para produzir alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos, para o consumo familiar, alcançou-se os resultados esperados, pois alcançou a comunidade disseminando conhecimento das noções de como implantar a sua própria horta orgânica

Texto completo:

Arquivo Completo

Referências


CANTWEELL, M. POSTHARVEST HANDLING SYSTEMS: Minimally, processed fruts and vegetables. Apud: CHITARRA, M.J.F. Processamento mínimo de frutos e hortaliças. Viçosa: Centro de produções técnicas, 1998.p. 7

EMBRAPA. Hortas: O produtor pergunta, a Embrapa responde. Brasília, DF Embrapa informações Tecnológicas, 2009

MERICO. L. F. K. Politicas públicas para a sustentabilidade. In: VianaGilney (et al). O desafio da sustentabilidade: um debate socioambiental no Brasil. São Paulo: Perseu Abramo, 2001.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e estatística) acessado no sitehttp://cidades.ibge.gov.br/ em 07 de Fevereiro de 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Erica Ribeiro de Sousa Simonetti, Aline Correia Silva de Oliveira Correia Silva de Oliveira, Suzane Ribeiro Ribeiro Lopes