MONITORAMENTO DA COUVE MANTEIGA (Brassica oleracea L. var. acephala) CULTIVADA EM VASOS COM DIFERENTES SUBSTRATOS E O REGISTRO DE PRAGAS-CHAVE

Diego Jorge da Silva Jorge Silva, Alverlan da Silva Araújo Silva Araújo, Adriely Vital de Souza Vital Souza, Isabelle Cristina Santos Magalhães Cristina Magalhães, Rubens Pessoa de Barros Pessoa Barros

Resumo


Objetivou-se com este trabalho acompanhar o desenvolvimento fenológico da couve e o registro de insetos-praga presentes na hortaliça. A couve se adapta a várias condições abióticas e sua produção pode ser limitada por ataque de pragas, tendo como principais pragas a Plutella xylostella (Lepidoptera: Plutellidae) e Brevicoryne brassicea (Hemiptera: Aphididae). O trabalho foi realizado durante os meses de setembro de 2016 a fevereiro de 2017, em casa de vegetação da Universidade Estadual de Alagoas – UNEAL, Campus I. O delineamento experimental foi feito inteiramente casualizado com quatro tratamentos (solo + ureia, cama de aviário, esterco bovino, esterco caprino) com 5 repetições. Os dados foram registrados semanalmente em planilhas: altura da planta, número de folhas, diâmetro do caule e os insetos: pulgões e traças-das-crucíferas. A fenologia da planta no tratamento solo + ureia mostrou resultado significativo com relação aos demais, em relação a presença de pragas, não houve diferença significativa entre os tratamentos. Infere-se que a couve manteiga é planta hospedeira de pragas da ordem Hemíptera e Lepidoptera, a fenologia mostrou resultado significativo no tratamento com ureia.


Texto completo:

Arquivo Completo

Referências


A. L. BOIÇA JUNIOR; S. R. A. TAGLIARI; R. M. PITTA; F. G. JESUS; L. T. BRAZ, Ciências e Agrotecnologia. 2011, 4, 710-717.

ANVISA – Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Programa de análise de resíduos de Agrotóxico em Alimentos, 2011. Disponível em:

/Anvisa/Inicio/Agrotoxicos+e+Toxicologia/Assuntos+ de+Intesse/Programa+de+Analise+de+Residuos+de+A grotoxicos+em+Alimentos> acesso em: 04 mar. 2017.

BIOCONTROLE – Métodos de controle de pragas. Disponível em:

acesso em: 01 mar. 2017.

C. KOJOI; S. C. MELLO; M. S. CAMARGO; E. B. FAGAN; M. F. RIBEIRO, Ciências Agrotecnologia, 2009, 1, 13-17.

CAMARGO FILHO WP; CAMARGO, FP. 2009.

Análise das alterações na cadeia de produção de

hortaliças em São banco de dados. Disponível em:

. Acesso em: 04 de mar.de 2017.

D. GALLO; O, NAKANO; S, SILVEIRA NETO; R.

P. L. CARVALHO; G. C. BATISTA; E, BERTI FILHO; J. R. P. PARRA; R, A, ZUCCHI; S. B. ALVES; J. D. VENDRAMIN; L. C. MARCHINI; J.

R. S. LOPES; C. OMOTO, Entomologia Agrícula,

, 920.

E. A. FERREIRA; A. J. DEMUNER; A. A. SILVA; J.

B. SANTOS; M. C. VENTRELLA; A. E. MARQUES;

S. O. PROCÓPIO, Planta Daninha, 2005, 4, 611-619.

F. A. R. FILGUEIRA, Novo Manual de Olericultura,

, 402.

F. O. G. MENEZES JÚNIOR; H. S. FERNANDES; C.

R. MAUCH; J. B. SILVA, Horticultura Brasileira,

, 164-170.

FERREIRA, Daniel Furtado Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia (UFLA), v. 35, n. 6, 1039-1042, 2011.

J. L. SOUZA; P. RESENDE, Manual de orticultura orgânica, 2003, 546.

J. U. T. BRANDÃO FILHO; H. S. SANTOS; P. F. MARAUS; H. S. SANTOS, Horticultura Brasileira. 2010, 28, 795-800.

L. KASPROWICZ; et al., Agricultural and Forest Entomology, 2008, 91-100.

M. KOCH; B. HAUBOLD; T. MILCHELL-OLDS,

American Journal of Botany, 2001, 3, 534-544.

B. ULBER; et al., Crop Proyection, 2002, 4, 327-331.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Diego Jorge da Silva Jorge Silva, Alverlan da Silva Araújo Silva Araújo, Adriely Vital de Souza Vital Souza, Isabelle Cristina Santos Magalhães Cristina Magalhães, Rubens Pessoa de Barros Pessoa Barros