SISTEMA BRAGANTINO: UM MÉTODO INOVADOR E ALTERNATIVO DE CULTIVO E PRODUÇÃO AGRÍCOLA QUE ENGLOBA ROTAÇÃO E CONSÓRCIO DE CULTURAS COM TÉCNICAS DE PLANTIO DIRETO.

Lucas Morais Silva

Resumo


RESUMO – Na agricultura brasileira, sobretudo entre os pequenos produtores, não é comum o uso de tecnologias de preparo do solo para o plantio, sendo bastante empregado o uso fogo para preparo e abertura de novas áreas de cultivo. Embora com essa prática se elimine plantas daninhas e seja adicionado nutrientes ao solo, provenientes do material vegetal queimado, com o passar dos anos e a repetição da prática, acontece a degradação físico-química e biológica do solo, acarretando uma série de prejuízos ao meio ambiente. Diante disso, surge a necessidade da agregação de práticas viáveis do ponto de vista econômico e ambiental, mantendo a capacidade produtiva dos solos e sua competitividade, dentro de um mercado cada vez mais globalizado. Surge então o Sistema Bragantino, que é um método de cultivo e produção agrícola inovador, que engloba rotação e consórcio, das culturas de milho ou arroz, de mandioca e feijão-caupi, fazendo o uso de técnicas de plantio direto. O sistema pode ser aplicado tanto em pequenas propriedades familiares, quanto na agricultura empresarial. Focando principalmente na recuperação da fertilidade do solo em áreas degradadas, assim como o aumento da produtividade das culturas, e consequentemente a melhoria da qualidade de vida do agricultor e a preservação ambiental, além de sua fácil adaptação aos diversos grupos de produtores, podendo ser usado tanto pelos agricultores familiares como pelos de médio e grande escala. Entretanto, para tal realidade é necessário o acesso a máquinas agrícolas para preparo da área, bem como recursos financeiros para os investimentos iniciais, principalmente para a realização da “adubação de fundação” que se resume na compra de insumos, adubos e calcário.

 

Palavras-chave: Consórcio, rotação de cultura, plantio direto.


Texto completo:

PDF

Referências


CAMPOS. Fernando Antônio

Araújo. EMBRAPA.

RECOMENDAÇÕES TECNOLÓGICAS.

TECNOLOGIAS PARA REDUZIR A PRÁTICA DAS QUEIMADAS.

Brasília, DF., 2000. Disponível em: Acesso em 26 de março de 2018

ZANINI, Anderson de M.; DINIZ, D. “Efeito da Queima sob o Teor de Umidade, Características Físicas e Químicas, Matéria Orgânica e

Temperatura no Solo sob

Pastagem”, in Revista Eletrónica de Veterinária, v. 7, nº 3. Espanha, 2006.

CASTRO. Gustavo Spadotti Amaral.; MARTINS, Fábio Sian. SISTEMA BRAGANTINO DE PRODUÇÃO DE ALIMENTOS.

Embrapa Amapá. Disponivel em:

Acesso em 27 de março de 2018

EMBRAPA Amazônia Oriental Soluções tecnológicas Sistema Bragantino 2007 Disponivel em: Acesso em 20 de março de 2018

GALVÃO, Expedito Ubirajara Peixoto. Sistema bragantino para agricultura familiar: passo a passo / Expedito Ubirajara Peixoto Galvão... [et al.]. – Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Lucas Morais Silva