LEVANTAMENTO SOBRE A SAÚDE DO TRABALHADOR RURAL NAS LAVOURAS DE ABACAXI DO MUNICÍPIO FLORESTA DO ARAGUAIA - PA

Leandro Alves Ribeiro

Resumo


O objetivo do trabalho é identificar o atual quadro da saúde dos trabalhadores rurais nas lavouras de abacaxi de Floresta do Araguaia – PA, tendo em vista a importância de tratarmos com seriedade assuntos de saúde ocupacional. O abacaxizeiro tem seu cuidado e manejo todo realizado por mão de obra humana. As máquinas de plantio, adubação, pulverização e colheita são quase que inexistentes nesta cultura. Todo este trabalho é realizado de forma manual e isto levantou algumas preocupações em relação a saúde desses trabalhadores rurais e motivou a realização do mesmo. Obteve-se dados alarmantes em relação as atividades, como a falta de uso de EPIs, o excesso de horas trabalhadas e a ausência de ações mínimas de prevenção como a leitura das bulas de agrotóxicos. Com isso destaca-se a relevância desde projeto como uma fonte para encontrar formas de amenizar tais situações.

Texto completo:

PDF

Referências


NOVAES, Beto. Nuvens de Veneno. Youtube, 19 fev. 2016. Disponível em < https://www.youtube.com/watch?v=jZ1QUAxFaxs >. Acesso em: 26 nov. 2017.

CARNEIRO, F F; PIGNATI, et al. Dossiê ABRASCO – Um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde. Parte 1

CABRAL, Kélem. Pará é o maior produtor de abacaxi do Brasil e recebe simpósio nacional da cultura. 2017. Disponível em: Acesso em: 11 de nov. 2017.

PARA – Programa de análise de resíduos de agrotóxicos em alimento. 2015. Disponível em: Acesso em: 11 de nov. 2017

SANTOS, J. S. A produção de abacaxi e os problemas socioambientais na região sudeste do Pará, Brasil. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Leandro Alves Ribeiro