Banco De Sementes Como Uma Tecnologia Social Para O Fortalecimento Da Agricultura Familiar No Vale Do Açu

Cássio Luiz Cavalcanti da Cunha

Resumo


RESUMO - O presente estudo teve como objetivo demonstrar o processo de implantação e de atuação do banco de sementes do
Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA) do IFRN Campus – Ipanguaçu, quais estratégicas são adotadas pelo Banco de
Sementes (BS) e como pode influenciar na vida dos agricultores, e para entender os processos de implantação, atuação e
problemáticas do BS, foi realizada uma entrevista prévia com o professor João Vianey Fernandes Pimentel, que é o coordenador do
NEA e professor do IFRN. O BS atua com as doações que são feitas das sementes nativas de arbóreas ou cultivares crioulas de
milho e feijão e sementes de adubos verdes. Nesse contexto o BS promove o resgate e a conservação das sementes crioulas, na qual
irão contribuir para multiplicação de diversas espécies, resultantes das trocas que ocorrem com os agricultores, e consequentemente
com a aquisição de novas espécies os agricultores familiares poderão obter melhores resultados em suas produções, devido às
adaptações do clima e solo da região local e por serem mais resistentes a pragas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Cássio Luiz Cavalcanti da Cunha