Vivências agroecológicas e atividades práticas como ferramentas de intercâmbio entre estudantes e comunidades rurais

Rafael Fernando Ezequiel, Eliane Dalmora, Kauane Santos Batista, Talita Guimarães de Araújo Piovezan

Resumo


A proposta surge do engajamento estudantil para práticas agroecológicas no Instituto Federal de Sergipe. Para a organização da equipe e integração com a comunidade foram utilizadas dinâmicas, como a aplicação de técnicas coletivas, avaliação e sistematização dos resultados. Nós iniciamos criando um Sistema Agroflorestal (SAF) realizando a construção de galinheiro sustentável com materiais orgânicos encontrados localmente, como Bambusa vulgaris (Schrad.) ex. J.C. Wendl. (Poaceae) e palha de coqueiro.  Além da realização de práticas e oficinas sobre gestão da água e do solo, promovendo a recuperação do zoneamento e integração dos sistemas. Utilizamos microrganismos eficientes (EM) na recuperação da área após as roçadas e pó de rocha. O SAF foi iniciado com o plantio de Gliricidia sepium (Jacq.) Steud. (Fabaceae), seleção de sementes e produção de mudas de leguminosas. As oficinas de compartilhamento dessas experiências envolveram um grupo do Assentamento Moacir Wanderley e estudantes do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA). As atividades promoveram o aprendizado prático baseado na bioconstrução, no uso dos adubos verdes e na troca de saberes com agricultores.


Texto completo:

PDF

Referências


ALTIERI, M. Agroecologia: a Dinâmica Produtiva da Agricultura Sustentável. UFRGS. Porto Alegre: 2009.

JESUS, A. A.; COSTA, E. M.; NOBREGA, R. S. A.; DIOGENES, L. C.; NOBREGA, J. C. A. Crescimento e nodulação de Enterolobium contortisiliquum cultivado em solos de diferentes sistemas de uso no Sudoeste do Piauí. Brazilian Journal of Forestry Research. Colombo: v. 37, n. 92, p. 545-553, 2017.

OLIVEIRA, T. B. A; BORNIA, A. C.; OLIVEIRA, M. W. Potencial produtivo de adubos verdes visando rotação com cana-de-açúcar, na Zona da Mata Alagoana. São Paulo: 4 th International Workshop | Advances in Cleaner Production, Academic Work, p.1-10. 2013.

TOMAZELLO FILHO, M.; AZZINI, A. Estrutura

anatômica, dimensões das fibras e Densidade básica de colmos de Bambusa vulgaris: Instituto de Pesquisa e Estudos Florestais, Piracicaba – SP: SCHRAD, n.36, p.43-50, 1987.

VEIGA, J. C. B.; LIMA, N.; OLIVEIRA, V. M.:

Estufa Ecológica uso do Bambu em Bioconstruções.

Curitiba: CPRA, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Rafael Fernando Ezequiel, Eliane Dalmora, Kauane Santos Batista, Talita Guimarães de Araújo Piovezan