Avaliação e projeção de impacto ambiental do Bioma Mata Atlântica com auxílio de imagens aéreas, visualização 3d e geoprocessamento

João Pedro dos Santos Verçosa Pedro Pedro dos Santos Verçosa, Arthur Costa Falcão Tavares Costa Falcão Tavares

Resumo


O Bioma Mata Atlântica abrange a faixa litorânea de Alagoas, e historicamente vem apresentando altos índices de degradação ambiental gerada pelo desmatamento. O objetivo foi avaliar e projetar o desmatamento utilizando imagens aéreas, anaglifo e geoprocessamento. Foi selecionado um fragmento espacial dos municípios Jequiá da Praia e Roteiro, localizado na mesorregião do Leste Alagoano. Foram utilizadas fotografias de 1970 do acervo de levantamento aerofotogramétrico do Centro de Ciências Agrárias e imagens de satélite de 2018 disponibilizadas pela Google. A avaliação das variações dos valores das áreas (km²) mostraram aumento na porcentagem de área desmatada chegando a 209 e 222, em 1970, e 117 e 145, em 2018. Os valores de projeção da porcentagem de aumento de área desmatada foram de 1718, em 1970, e 3639, em 2018. Os resultados mostraram que a área de estudo tem alto potencial de impacto ambiental visto que entre 1970 e 2018 houve um aumento significativo do desmatamento. Uma análise de todo o território de Jequiá da Praia e Roteiro, deve manter a projeção de impacto ambiental em valores altos, se forem avaliadas imagens aéreas da mesma época (1970 e 2018).


Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, C. C.; GOMES, L. J.; DE ALMEIDA, A. P. Seleção de indicadores de sustentabilidade em fragmentos florestais de Mata Atlântica na bacia hidrográfica do Rio Poxim-SE por meio do geoprocessamento. Revista do Centro do Ciências Naturais e Exatas, V. 18, n. 1, p.2 09-219, 2014.

GOTO, H.; ARAI, K.; SATO, T. Topographic Anaglyphs from Detailed Digital Elevation Models Covering Inland and Seafloor for the Tectonic Geomorphology Studies in and around Yoron Island, Ryukyu Arc, Japan. Geosciences, v. 8, n. 10, p. 363, 2018.

LEBOEUF, A.; R. A. FOURNIER. A Multisensor Multiresolution Method for Mapping Vegetation Status, Surficial Deposits, and Historical Fires Over Very Large Areas in Northern Boreal Forests of Quebec, Canada. IEEE Journal of Selected Topics in Applied Earth Observations and Remote Sensing, v. 8, n. 11, p. 5199-5211, 2015.

MCGAUGHEY, R. J. et al. Direct measurement of individual tree characteristics from LIDAR data. In: Proceedings of the 2004 Annual ASPRS Conference, 2004; Denver, Colorado: Bethesda, MD: American Society of Photogrammetry and Remote Sensing. Unpaginated CD-ROM. 2004.

PASCHOAL, L. G.; MORAIS, F. Contribuição à avaliação da criação de simbologias para mapeamentos geomorfológicos sobre imagens anáglifos georreferenciadas em ambiente SIG. In: PEREZ FILHO, A.; AMORIM, R. R. Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento. 1ed.Campinas: Instituto de Geociências - UNICAMP, v. 1, pp. 5793-5801, 2017.

SUAREZ, A. F.; CANDEIAS, A. L. B. Modelagem dinâmica de cobertura da terra na mata atlântica no município de Maragogipe – BA. Revista Brasileira de Cartografia, v. 66, n. 5, p. 953-981, 2014.

URAMOTO, Y.; Y.; ZHU, L.; TACHIBANA, K.; SHIMAMURA, H.; OGAYA, N. Development of photogrammetry system for grasping forest resources information. IN: Proceedings of the XXII ISPRS Congress “International Archives of the Photogrammetry, Remote Sensing and Spatial Information Sciences”. Melbourne (Australia) 2012. ISPRS, v. 39-B8, p. 447-450.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 João Pedro dos Santos Verçosa Pedro Pedro dos Santos Verçosa, Arthur Costa Falcão Tavares Costa Falcão Tavares