A produção camponesa no Povoado Serrote Grande: Apontamentos sobre a comercialização e renda

Lívia Thaysa Santos de Albuquerque Gama, Cirlene Jeane Santos e Santos

Resumo


O presente trabalho pretende apresentar discussões relacionadas à produção do fumo, bem como de produtos para autoconsumo dos camponeses situados no Povoado Serrote Grande – Craíbas/AL. Nesse sentido, este estudo irá discorrer sobre as formas de comercialização e renda da referida produção. Os objetivos deste trabalho estão pautados em analisar a produção camponesa da comunidade estudada, bem como discutir sobre como ocorre o escoamento e a comercialização dos produtos cultivados. Os procedimentos metodológicos utilizados foram: revisão bibliográfica, visita técnica exploratória, pesquisa de campo, com a aplicação de questionário, realização de entrevistas e construção de acervo iconográfico. Como resultados, obteve-se que o principal cultivo é o plantio do fumo, sendo sua comercialização feita principalmente através de atravessadores, como cultivos secundários estão o feijão, a batata-doce, macaxeira, abóbora e mandioca, sendo estes produtos para o autoconsumo. A principal economia utilizada para a produção camponesa do povoado em questão provém dos rendimentos obtidos com a produção do ano anterior, seja por meio da utilização das sementes ou pela renda poupada destinada para o novo ciclo.


Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Ricardo. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. Ed.

Hucitec. 2 ed. São Paulo. Campinas, 1998.

BOMBARDI, Larissa Mies. O Bairro reforma agrária e o processo de

territorialização camponesa. São Paulo: Annablume, 2004.

GARCIA JR, Afrânio Raúl. HEREDIA, Beatriz Alásia. Campesinato, família e diversidade de explorações agrícolas no Brasil. In: GODOI, Emília Pietrafesa. MENEZES, Aparecida. MARIN, Rosa Azevedo (orgs.). Diversidade do campesinato: Expressões e categorias. V.2.:Estratégias de reprodução social: São Paulo: Editora UNESP, Brasília, DF: Núcleo de estudos agrários e Desenvolvimento rural, 2009.

OLIVEIRA, A. U. de. A agricultura camponesa no Brasil. 3 ed. São Paulo: Contexto, 1997. (Caminhos da Geografia).

SANTOS, José Vicente Tavares dos. A Reprodução subordinada do Campesinato. In: Ensaios FEE, Porto Alegre, 2 (2): 109 – 117, 1981.

SANTOS, José Vicente Tavares. Colonos do Vinho. Hucitec, São Paulo, 1978.

WANDERLEY, Maria de Nazareth B. O camponês: um trabalhador para o capital. In: Cad. Dif. Tecnol., Brasília, 2(1):13-78, jan./abr.1985.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.