CARACTERIZAÇÃO MICROBIOLÓGICA DE SORVETE SIMBIÓTICO DE LEITE CAPRINO COM BIOMASSA DE BANANA VERDE

Fabiana Beltrao

Resumo


O sorvete, que é um produto de alto valor nutritivo, possui características sensoriais
suaves e por isso a utilização de simbióticos pode agregar sabor ao produto e prolongar
sua vida de prateleira. Sendo assim objetivou-se com este trabalho elaborar um sorvete
simbiótico com kefir com farinha de banana verde (Musa speciosa) e avaliar a
qualidade microbiológica. Foi realizada no Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento
de Produtos Laticínios – PDLAT, CCHSA/UFPB. Foram elaboradas quatro
formulações: sorvete padrão (T0); e três formulações de sorvete com diferentes
concentrações de banana verde (T1= 2% T2= 4% e T3=6%), as quais foram submetidas
à análise microbiológica. Os resultados evidenciaram que as quatro formulações
atenderam aos padrões microbiológicos estabelecidos pela legislação, estando, portanto,
aptos para o consumo. Conclui-se que os sorvetes simbióticos com kefir e farinha de
banana verde foram elaborados dentro dos padrões exigidos pelas legislações,
possibilitando uma nova opção para consumo.

Texto completo:

PDF

Referências


APHA, American Public Health Association. Standard Methods for the Examination

of Water and Wastewater. American Water Works Association, Water Environmental

Federation, 18th ed. Washington, DC 2004.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Instrução Normativa no 46, de 23

de outubro de 2007. Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Leites

Fermentados. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 24 de outubro de 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução

RDC no 266, de 22 de setembro de 2005. Regulamento técnico para gelados comestíveis

e preparados para gelados comestíveis. Diário Oficial da República Federativa do

Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 set. 2005a.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução

RDC no 248, de 13 de setembro de 2005. Regulamento Técnico sobre o uso de

Coadjuvantes de Tecnologia, estabelecendo suas funções, para a Categoria de Alimentos - Óleos e Gorduras. Diário Oficial da República Federativa do Brasil,

Poder Executivo, Brasília, DF, 13 set. 2005b.

BRASIL. Ministério da Saúde. Resolução RDC no 12, de 02 de janeiro de 2001. Aprova

o Regulamento Técnico sobre Padrões Microbiológicos para Alimentos. Diário Oficial

[da] Republica Federativa do Brasil. Brasília, DF, 10 jan. 2001.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução

RDC no 2, de 7 de janeiro de 2002. Regulamento técnico de substâncias bioativas e

probióticos isolados com alegação de propriedades funcional e/ou de saúde. Diário

Oficial [da] Republica Federativa do Brasil. Brasília, DF, 7 jan. 2002.

CARDOSO, M.; RAGGHIANTI ZANGRANDO, M.; PASSANEZI SANT’ANA, A.;

DE REZENDE, M. L.; GREGHI, S. L.; DAMANTE, C. Probióticos associados ao

tratamento das doenças periodontais: revisão de literatura. Revista da Faculdade de

Odontologia - UPF, v. 23, n. 1, 15 ago. 2018.

JULIANO, R. S.; SARKIS, S. S. J.; PINHEIRO, A. C.; FEAR, A. C.; ZAMBELLI, C.

A.; AUGUSTO, A. A. Desenvolvimento de Sobremesa Láctea Tipo Frozen Yogurt

Com Características Funcionais. In: Xx Congresso Brasileiro de Engenharia Química,

[anais], Florianópolis RS, p.3464-3471, fev. 2015. Editora Edgard Blücher.

http://dx.doi.org/10.5151/chemeng-cobeq2014-0412-25631-159563. Disponível em:

sobremesa-lctea-tipo-frozen-yogurt-com-caractersticas-funcionais-17053>. Acesso em: 20 set. 2019.

Nair G.; GANGULY N.; BHATTACHARYA S.; SESIKERAN B.; RAMAKRISHNA

B.; SACHDEV H. ICMR-DBT Guidelines for Evaluation of Probiotics in Food. Indian

J Med Res. 2011; 134:22-5.

SILVA, P.G.F.; NOVACK, M.M.E. Utilização de kefir na formulação de sorvetes, com

função probiótica. In: 6o Congresso Internacional de saúde. Ijuí, Rio Grande do Sul.

[anais], 2019. Disponível em:. Acesso em: 14 junho

WROBEL, A. M. ; TEIXEIRA, E. C. O. Elaboração e avaliação sensorial de um sorvete

de chocolate com adição de biomassa de banana verde (Musa spp.). 2017. 59 f.

Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal

do Paraná, Ponta Grossa, 2017.

SOUZA, F. S.; COCCO, R. R. ; SARNI, R. O. S.; MALLOZI, M. C.; SOLÉ, D.

Prebióticos, probióticos e simbióticos na prevenção e tratamento das doenças

alérgicas. Revista Paulista de Pediatria, São Paulo, v. 28, n. 1, p.86-97, mar. 2010.

FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0103-05822010000100014.

Disponível em:

>. Acesso em: 20 set. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.