CLOROFILA DE DUAS GRAMINEAS CULTIVADAS PARA COBERTURA MORTA EM SISTEMA DE ROTAÇÃO DE CULTURAS EM AREIA-PB

Raiff Nascimento

Resumo


As culturas de cobertura são espécies incluídas entre as fases da produção comercial,
geralmente sem retornos além de fornecer benefícios ambientais, quando incluídos
como parte de uma rotação do milho e quando usados em conjunto com lavouras
reduzidas ou outras práticas de conservação, cobrem os nutrientes de entressafra das
colheitas e ajudam a mitigar os riscos de um campo vazio de pousio. Objetivou-se
avaliar neste trabalho a clorofila a, b e clorofila total de duas espécies de gramíneas,
Brachiaria ruziziensis e o Milheto, utilizando-as como plantas de cobertura. Através da
utilização do ClorofiLOG foram obtidos os dados de clorofila a, b e clorofila total, onde
verificou-se então que o milheto apresentou um maior teor de clorofila a, b e clorofila total, o
que contribui para uma boa cobertura morta, gerando uma palhada com maior teor de N e com mais matéria seca.

Texto completo:

PDF PDF

Referências


ARAÚJO, A. S. F. D., CARNEIRO, R. F. V., BEZERRA, A. A. C., & ARAÚJO, F. F.

D. Co-inoculation rhizobia and Bacilus subtilis in cowpea and Leucaena: effects on

nodulation, N2 fixation and plant growth. Ciência Rural, v. 40, n. 1, p. 182-185, 2010.

MARCILLO, G. S., CARLSON, S., FILBERT, M., KASPAR, T., PLASTINA, A., &

MIGUEZ, F. E. Maize system impacts of cover crop management decisions: A

simulation analysis of rye biomass response to planting populations in Iowa,

USA. Agricultural Systems, v. 176, P. 102651, 2019.

OLIVEIRA, V. S., DA SILVA MORAIS, J. A., FAGUNDES, J. L., DOS SANTOS

SANTANA, J. C., LIMA, I. G. S., & SANTOS, C. B. Produção e composição químico-

bromatológica de gramíneas tropicais submetidas a dois níveis de irrigação. Archives of

veterinary science, v. 20, n. 2, 2015.

RESENDE, R. M. S., JANK, L., DO VALLE, C. B., BARRIOS, S., & SANTOS, M.

Melhoramento de forrageiras tropicais. In: Embrapa Gado de Corte-Artigo em anais de

congresso (ALICE). In: SIMPÓSIO DE PASTAGEM E FORRAGICULTURA DO

CAMPO DAS VERTENTES, 2., 2015, São João del Rei. Anais. São João del Rei:

UFSJ, 2015. p. 114-130., 2015.

RIBEIRO, J. E. S.; BARBOSA, A. J. S.; LOPES, S. F.; PEREIRA, W. E.;

ALBUQUERQUE, M. B.Seasonal variation in gas exchange by plants of

Erythroxylumsimonis Plowman. Acta Botanica Brasílica, v. 32, p.287-296, 2018.

SHIVAKUMAR, B. G.; KULKARNI, N. S. Impact of Guinea grass, Congo signal and

Stylosanthes hamata on soil physico-chemical properties and beneficial micro fauna in

Mango and Sapota plantations. In: XXIII International Grassland Congress on

‘Sustainable Use of Grassland Resources for Forage Production, Biodiversity and

Environmental Protection. 2015.

SILVA, L. H. X. Estratégias de adubação orgânica em pastagem de Brachiaria brizantha

cv. Marandu com M Stylosanthe spp no bioma cerrado. 2017. 128 f. Tese (Doutorado

em Zootecnia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.

WARNER, D. A.; EDWARDS, G. E. C4 photosynthesis and leaf anatomy in diploid

and autotetraploid Pennisetum americanum (pearl millet). Plant Science, v. 56, n. 1, p.

-92, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.