EFEITO DA CALAGEM SOB A DENSIDADE DE PLANTAS DE CANA-DE- AÇÚCAR NO BREJO PARAIBANO

Williams Xavier

Resumo


A cana-de-açúcar possui grande importância econômica no Brejo Paraibano, e é
considerada como a cultura de maior domínio agrícola na microrregião. Para se alcançar
produtividades satisfatórias, é essencial o manejo do solo, e a calagem surge como uma
alternativa eficiente no preparo do solo, trazendo resultados positivos para a cana-planta
e cana-soca. Diante disso, o presente trabalho objetivou avaliar a densidade de plantas
por metro linear no desenvolvimento vegetativo de duas variedades de cana-de-açúcar
em seu primeiro ciclo, sob o efeito de calagem no solo. O experimento foi conduzido na
Fazenda Experimental Chã de Jardim em Areia-PB, e adotou-se o delineamento de
blocos casualizados (DBC), em esquema fatorial 2x2, correspondendo a duas variedades
de cana-de-açúcar (VAT90-212 e RB041443) na presença ou ausência de calagem, com
quatro repetições. As avaliações foram realizadas em 45, 150 e 450 dias após o plantio
(DAP). De forma geral, as variedades foram influenciadas positivamente a aplicação de
calcário em 45, 150 e 450 DAP, com exceção da RB041443 que não demonstrou
diferença nas médias absolutas de número de plantas obtidos em 150 DAP. A variedade
VAT90-212 quando submetida à calagem apresentou número de plantas por metro
linear maior, quando comparado a RB041443.

Texto completo:

PDF

Referências


ALOVISI, A. M. T. et al. Efeito residual da aplicação de silicato de cálcio nos atributos

químicos do solo e na produtividade da cana-soca. Revista Agrarian, v. 11, n. 40, p.

-158, 2018.

ANDRADE, P. P. Rendimento Agrícola e Qualidade de Cana-de-açúcar (1o Corte)

Submetidas a Diferentes Métodos de Recomendação e Doses de Calcário. 2010.

p. Dissertação de Mestrado (Pós-Graduação em Agronomia) – Universidade Federal

de Lavras, Lavras, 2010.

ARCOVERDE, S. N. S.; SOUZA, C. M. A.; ORLANDO, R. C.; SILVA, M. M.;

NASCIMENTO, J. M. Crescimento inicial de cultivares de cana-de-açúcar em plantio

de inverno sob preparos conservacionistas do solo. Revista Engenharia na

Agricultura, v. 27, n. 2, p. 142-156, 2019.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional

das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba: POTAFOS, 1997. 319p.

NOBILE, F. O.; FARINELLI, R.; JUNIOR, F. K.; PESSI, G. H. P. Aplicação de

calcário em superfície: estudo da influência nas propriedades químicas de um latossolo

vermelho distrófico sob o cultivo de cana-de-açúcar. Revista Brasileira

Multidisciplinar, v. 20, n. 2, p. 99-108, 2017.

OLIVEIRA, A. et al. Crescimento vegetativo de variedades de cana-de-

açúcar. Humanidades & Tecnologia em Revista (FINOM), v. 1, n. 18, p. 24-32,

SILVA, F. C.; BARBIERI, V.; CASTRO, A. Desenvolvimento de modelo

computacional para estimar a produtividade potencial de cana de açúcar. Embrapa

Informática Agropecuária - Artigo em anais de congresso (ALICE). (Org.) JC na

Escola Ciência, Tecnologia e Sociedade: mobilizar o conhecimento para alimentar o

Brasil. 2. ed. p. 442-446, 2017.

SILVA, S. V.; SANTOS, J. Z. L.; TUCCI, C. A. F.; CARDOSO, A. A. S. Efeito de

doses de calcário e cultivares na produtividade e qualidade agroindustrial da cana-de-

açúcar em solo da Amazônia. Revista Agro@mbiente, v. 8, n. 3, p. 298-305, 2014.

SOUSA, D. M. G. Recomendações para correção da acidez do solo para cana-de-açúcar

no cerrado. Comunicado Técnico, v. 2015, 2016.

SOUSA, D. S.; PEREIRA, W. E. Atividade agrícola do brejo paraibano: declínio e

tendências atuais. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável, v. 6, n. 3, p. 11-

, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.