IDENTIFICAÇÃO DO GRAU DE SUSTENTABILIDADE DA ATIVIDADE DE PRODUÇÃO DE QUEIJOS ARTESANAIS NO MUNICÍPIO DE POMBAL- PB

Rubilene Silva

Resumo


Objetivou-se identificar o nível de sustentabilidade da atividade de produção de queijo
artesanal no município de Pombal, através dos indicadores social, ambiental, econômico
e institucional/tecnológico das queijarias artesanais. Foram visitadas, no período de
fevereiro à abril de 2019, doze queijarias artesanais no município de Pombal,
localizadas no Alto Sertão Paraibano. A metodologia adotada foi a aplicação de
questionários com 21 questões denominadas indicadores, para então se analisar o nível
de sustentabilidade da atividade de produção de queijos artesanais tendo como base o
teste denominado de Índice Global de Sustentabilidade (IGS). Ao avaliar-se o Índice
Global de Sustentabilidade (IGS), verifica-se que o nível de sustentabilidade na gestão
de queijarias artesanais na bacia leiteira do município de Pombal – PB apresenta-se de
forma geral bom (61% de sustentabilidade). O melhor resultado foi para a dimensão
ambiental (96%), não havendo impacto ambiental, seguida pela dimensão institucional
(56% de sustentabilidade). E o pior resultado foi para a dimensão social (43,33%), pela
baixa escolaridade e qualificação técnica.

Texto completo:

PDF

Referências


BUENO, M. P.; MEIRELES, E.; FERNANDES, C. A. Agricultura Familiar no Brasil e

os impactos do PRONAF como políticas públicas. In: Congresso Internacional de

Administração, 2018. Disponível em:

f.>. Acesso em: 8 mar. 2019.

PÓVOA, P. V. N. Aço inoxidável como material para equipamentos da indústria de

alimentos. Universidade Federal de Uberlândia. Monografia: Graduação em Engenharia

Química. 38p. 2017.

MATTIELLO, C. A.; SILVEIRA, S.M.; CARLI, F.; CUNHA JÚNIOR, A.; ALESSIO,

D.R.M.; PELIZZA, A.; CARDOZO, L.L.; THALER NETO, A. Rendimento industrial,

eficiência de fabricação e características físico-químicas de queijo colonial produzido de

leite com dois níveis de células somáticas. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.70, n.6,

p.1916-1924, 2018.

MENEZES, M. F. C.; SIMEONI, C. P.; ETCHEPARE, M. de A.; HUERTA, K.;

BORTOLUZZI, D. P.; MENEZES, C. R. de. Microbiota and coservation of milk.

REGET -v. 18. Ed. Especial Mai. 2014, p. 76-89.

http://dx.doi.org/10.5902/2236117013033.

PNUD/ONU. Atlas do desenvolvimento humano no Brasil. 1998. Edição em CD -

ROM. Brasília.

RABELO, L. S.; LIMA, P. V. P. S. Indicadores de Sustentabilidade: a possibilidade

da mensuração do desenvolvimento sustentável. REDE: Revista Eletrônica do

Prodema, Fortaleza, v. 1, n. 1, p. 55-76, dez. 2007.

SÁ, C. O.; MARINHO, G. L. de O. C.; SÁ, J. L.; RONER, M. N. B.; NASCIMENTO,

I. R.; SÁ, F. P. Sustentabilidade dos sistemas de produção dos agricultores familiares e

produtores de queijo em Nossa Senhora da Glória, semiárido sergipano. Revista

Brasileira de Agroecologia. 7 (3): 26-39. 2012.

SILVA, R. A. Avaliação do nível de sustentabilidade na gestão de queijarias

artesanais na bacia leiteira do município de Pombal – PB . 2019. 24 p. Trabalho de

Conclusão de Curso (Graduação em Administração) – Centro Universitário de João

Pessoa - UNIPE, João Pessoa, 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.