Emergência de plântulas de Colubrina glandulosa Perkins após superação da dormência

Natália Marinho Silva Crisóstomo, Laís Gonzaga da Silva, Thaíse dos Santos Berto, Marcus Gabriel de Carvalho Ramos, Luan Danilo Ferreira de Andrade Melo, João Luciano de Andrade Melo Junior, Wesley Oliveira de Assis, Reinaldo de Alencar Paes

Resumo


A Colubrina glandulosa Perkins pertencente à família da Rhamnaceae, é uma espécie florestal nativa do Brasil. Apresenta interesses econômicos na utilização da madeira em construções civis e navais e também na recuperação de áreas degradadas. Estudos mostram que essa espécie contém dormência em suas sementes, sendo assim, o presente trabalho objetivou verificar a emergência, tempo médio de emergência e índice de sincronismo de C. glandulosa após tratamentos pré-germinativos de escarificação mecânica com lixas na região oposta ao hilo e em imersão a água em 0 (sem imersão), 8, 16, 24, 32, 40 e 48 horas. Os frutos foram coletados na região de Bom Conselho no estado de Pernambuco, foram utilizadas bandejas plásticas com areia lavada e esterilizada durante 45 dias. Concluiu-se que as sementes que foram escarificadas e submetidas à imersão em água obtiveram resultados superiores as que não sofreram o tratamento pré-germinativo.


Palavras-chave


Saguaraji, espécie florestal, áreas degradadas.

Texto completo:

PDF

Referências


BENEDITO, C. P.; RIBEIRO, M. C. C.; TORRES, S. B.; GUIMARÃES, I. P.; OLIVEIRA, K. J. B. de. Overcome dormancy, temperatures and substrates on germination of Mimosa tenuiflora Willd seeds. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 38, n. 1, p. 125-134, 2017.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instruções para análise de sementes de espécies florestais. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária/Coordenação Geral de Apoio Laboratorial. Brasília, DF: MAPA/SDA/CGAL, 2013. 97 p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília, DF: MAPA/ACS, 2009. 395 p.

BRANCALION, Pedro Henrique Santin., MONDO, Vitor Henrique Vaz., NOVEMBRE, Ana Dionísia da Luz Coelho, Escarificação Química Para A Superação Da Dormência De Sementes De Saguaraji-Vermelho (Colubrina glandulosa PERK. - RHAMNACEAE). Revista Árvore [en linea]. 2011, 35(1), 119-124. ISSN: 0100-6762.

CARDOSO, V. J. M. Dormência: estabelecimento do processo. In: Ferreira, A. G.; BORGHETTI, F. (Org.). Germinação: do básico ao aplicado. Porto Alegre: Artmed, 2004. Cap. 17. 323 p.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5. ed. Jaboticabal: Funep, 2012. 409 p.

FARIAS, R. M.; FREITAS, R. M. O.; NOGUEIRA, W.; DOMBROSKI, J. L. D. Superação de dormência em sementes de jurema-branca (Piptadenia stipulacea). Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 56, n. 2, p. 160-165, 2013.

LORENZI, H.; Árvores Brasileiras: Manual de Identificação e Cultivo de Plantas Arbóreas Nativas, v. 1, 5ed., Nova Odessa, SP; Instituto Plantarum, 2008.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: Fealq, 2015. 465p.

PINTO, T. T. Morfoanatomia e fisiologia de sementes com dormência física de Colubrina glandulosa Perkins (Rhamnaceae) e Senna multijuga (Rich.) H. S. Irwin & Barneby (Caesalpinioideae - Fabaceae). 2013. 71 f. Dissertação (Mestrado em Biologia de Fungos, Algas e Plantas: Área de Concentração em Fisiologia e Ecologia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Florianópolis, SC, 2013.

RIBEIRO-OLIVEIRA, J. P.; RANAL, M. A.; SANTANA, D. G. de. A amplitude amostral interfere nas medidas de germinação de Bowdichia virgilioides Kunth? Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, n. 4, p. 623-634, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.