Igbonan Rocha no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes

Por: Profa. Lívia Aparecida Ferreira - CBIB/ICHCA/UFAL

 

O projeto de extensão "Anjos do HUPAA: a biblioterapia e outras ações culturais em hospital de ensino e assistência" promoveu a apresentação do cantor Igbonan Rocha no  Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, Universidade Federal de Alagoas, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, (HUPAA/UFAL/EBSERH).

O evento aconteceu hoje, 07 de maio, às 10h e destinou-se apenas aos pacientes internados na Clinica Médica, Oncologia e Pediatria, bem com aos seus respectivos acompanhantes, além dos participantes do projeto, que incluem psicóloga, terapeuta hospitalar, enfermeiras(os), bibliotecária e alunos voluntários.

O projeto, coordenado pela professora do Curso de Biblioteconomia Lívia Aparecida Ferreira, visa, em seu segundo ano, à implementação de ações efetivas em biblioterapia e cultura no âmbito do HUPAA/EBSERH/UFAL, por meio de ações de contar histórias e incentivo à leitura, como estratégia de estimulo à amenização do sofrimento vivenciado por muitos de seus usuários e de entretimento para seus acompanhantes. Para tanto, em suas atividades, prevê capacitação de pessoal para integrar e fortalecer o grupo de contadores de história “Anjos do HUPAA”, dando continuidade às ações que já são desenvolvidas nesse sentido em âmbito hospitalar e inserindo também outras atividades culturais.

O fortalecimento do encadeamento das ações biblioterapêuticas e culturais nos ambulatórios e enfermarias abre campo para o estudo, a prática da pesquisa e a produção de trabalhos acadêmicos em biblioterapia. As estratégias metodológicas adotaram atividades que são desenvolvidas no âmbito hospitalar. Como exemplo, podemos destacar a contação de histórias na Pediatria, Clínica Médica, Centro Oncológico e Nefrologia, recitais e distribuição de poesia nos ambulatórios e enfermarias, e empréstimos de livros nas enfermarias. Assim os sujeitos beneficiados pelas ações literárias e musicais do projeto, além do ganho em favor de sua saúde, tem ainda oportunidade de desencadear aptidões para interagir. O cantor foi acompanhado pelo seu parceiro das artes, o violonista, compositor e artista visual Joacaz Paz.

Igbonan Rocha, baiano de sorriso farto e voz singular, escolheu Alagoas como “a terra para viver para sempre!”. Sua identificação com a música iniciou nos anos 80, quando a convite ingressou na carreira musical como interprete em bares e casas noturnas de Salvador. Já em Maceió, além de cantar, participou de diversos projetos culturais. Em sua trajetória também está registrada uma passagem pelo SESC Alagoas. Durante quatro anos, esteve à frente do Nosso Samba, projeto em parceria com a cantora Wilma Araújo. Participou do Prêmio da Música Brasileira, ficando em 2º lugar em 2010. Representou o Brasil, junto com diversos artistas brasileiros, do “Concerto para Luiz Gonzaga” realizado em Paris, na França.