A importância da anamnese e do exame físico para a prática de enfermagem: relato sobre a experiência acadêmica

Igor Michel Ramos dos Santos, Hallana Laisa De Lima Dantas, Jeferson Caetano da Silva, Davi Porfirio da Silva, Paula Mariano Fragoso Torres

Resumo


O processo de enfermagem tem representado o principal modelo metodológico para o desempenho sistemático da prática profissional da enfermagem. A anamnese e o exame físico, etapas deste processo, permite ao enfermeiro realizar o diagnóstico e planejar as ações de enfermagem, acompanhar e avaliar a evolução do paciente. Durante o Curso de Graduação em Enfermagem, o acadêmico é instruído para realizar as técnicas de modo eficiente, avaliado e cobrado em relação à concretização desta meta. O presente estudo tem como objetivo relatar a experiência de estudantes de graduação em Enfermagem durante as atividades realizadas em estágio supervisionado. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, do tipo relato de experiência das atividades realizadas por estudantes de Enfermagem durante estágio curricular obrigatório no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA). Os estudantes desenvolveram suas atividades no período de 09 a 16 de Maio 2017 sob supervisão dos docentes. As atividades práticas supervisionadas foram realizadas nas Clínicas Médica e Oncológica do HUPAA, com o foco no desenvolvimento e aprimoramento das práticas de acolhimento ao paciente, utilizando o conhecimento técnico da anamnese e exame físico. Nesse contexto, os discentes se apresentavam e iniciavam a entrevista identificando o paciente, colhendo as informações pessoais, queixa principal, história da doença atual, história patológica pregressa, pessoal, familiar e psicossocial. O estágio direcionado ao ensino das técnicas que baseiam o processo de Enfermagem, no inicio da graduação, proporciona aos estudantes a criação de habilidades e desenvolvimento do senso crítico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Gep News