Play! O documentário como lugar de memória: uma análise do filme “Orquestra de Cordas do Piauí”

Pedro Júlio Santos de Oliveira

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar como o documentário “Orquestra de Cordas do Piauí”4, produzido em 1993 no curso de Comunicação Social da UFPI, se apresenta como fonte de memória. Para desenvolver a essa pesquisa refletimos inicialmente sobre o gênero do documentário a partir das perspectivas de Bill Nicholls (2001) e Da-Rin (2004) e trabalhamos o conceito de narrativa apresentado por Ricoeur (2010), visando articulá-lo ao gênero do documentário. Utilizamos como aporte metodológico a análise fílmica proposta Penafria (2009). Ao final, podemos perceber que este documentário apresenta-se como uma importante fonte de memória, pois dá visibilidade ao movimento artístico da década de 90, em Teresina, que, por não ter registros nos demais veículos de mídia poderia ficar esquecido pela história.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.