MANIFESTAÇÕES BUCAIS, TRANSMISSÃO E CONDUTA DO CIRURGIÃO-DENTISTA NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE HPV

Liliana Melo Lopes, Cláudia Rebecca Costa Cavalcante Silva, Gabriela Freire Alves, Regianne Umeko Kamiya

Resumo


O HPV é o agente causador da mais comum infecção sexualmente transmissível do mundo. Além da infecção cervical, o vírus pode acometer a mucosa oral. O objetivo do presente estudo é fazer uma revisão sistemática de artigos científicos e de casos clínicos objetivando definir os cuidados de biossegurança e a conduta odontológica no tratamento de pacientes portadores de HPV. O vírus é transmitido por meio do contato com a pele e mucosas de indivíduos infectados, sendo a principal via de transmissão a partir do contato sexual. A transmissão perinatal e a autoinoculação também são consideradas. Pesquisas vêm demonstrando a disseminação do HPV através de vias não divulgadas, como o uso de lâminas e alicates de cutícula não processados adequadamente. As principais lesões associadas ao HPV em cavidade oral são: papiloma escamoso, condiloma acuminado, verruga vulgar e hiperplasia epitelial multifocal. Tais lesões possuem características clínicas semelhantes, sendo necessária a realização de análise histopatológica para confirmação diagnóstica. O tratamento de lesões orais pode ser clínico ou cirúrgico, objetivando a remoção da lesão visível. Para prevenir a transmissão do vírus em consultórios odontológicos, deve-se seguir as medidas de precaução-padrão de biossegurança. Os profissionais devem tomar medidas para proteger sua saúde e a de sua equipe, por meio de imunizações, lavagem das mãos e precauções para evitar acidentes. Deve-se evitar contato direto com a matéria orgânica, além de limitar a propagação de microrganismos e tornar seguro o uso de artigos, peças anatômicas e superfícies. Dessa forma, o cirurgião-dentista deve fazer uma anamnese minuciosa, a fim de identificar possíveis casos de HPV por meio das lesões em mucosa oral. Os princípios para o controle de infecção devem ser seguidos, a fim de evitar a contaminação no consultório odontológico. O acompanhamento do tratamento e o tratamento das lesões orais são necessários.


Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.