PROJETO DE EXTENSÃO DOWN UM SORRISO

Layane Ferreira de Andrade, Marília Pereira de Jesus, Sáskia Cavalcanti de Magalhães Maurício, Thiago Barros Português, Renata Matos Lamenha Lins, Silvia Girlane Nunes da Silva, Patrícia Batista Lopes do Nascimento

Resumo


A Síndrome de Down é uma alteração genética caracterizada pela trissomia do cromossomo 21. Alterações causadas pela trissomia, como a morfologia craniofacial, dificuldades na deglutição e problemas cognitivos, repercutem diretamente na saúde bucal, tornando o acompanhamento odontológico essencial para a manutenção da qualidade de vida desses indivíduos. O Projeto Down Um Sorriso iniciou-se com uma ação da Faculdade de Odontologia Da UFAL, em 21 de março em 2017, para coleta de dados odontológicos dessa população, e conscientizar a comunidade acadêmica, e os pais sobre a importância da Odontologia para o atendimento de pacientes sindrômicos, bem como engajar os acadêmicos no atendimento especializado e humanizado. A ação começou com o acolhimento através de atividades lúdicas, como dança e teatro. As crianças também passaram por anamnese, coleta de dados sociais, avaliação física e exame clínico, com preenchimento de odontograma, segundo o critério de ICDAS, realizado por um único profissional, proporcionando registros calibrados. Durante o VIII Congresso Brasileiro sobre Sindrome de Down, mais uma ação desenvolvida com objetivo de promoção de saúde bucal e coleta de dados e presença do “Odontomóvel”. Com essas ações o “Down um Sorriso” conquistou maior notoriedade, levando a aprovação deste como Projeto de Extensão da UFAL, com atividades no ambulatório da FOUFAL, no Hospital Universitário e na UNCISAL. Já com extensionistas criamos eventos propagadores como o Talk show - Down um sorriso e fomo convidados a participar na 4ª semana de inclusão do parque shopping. O intuito é promover a saúde dessas crianças de maneira integrada e multidisciplinar estimulando a autonomia e desenvolvimento das mesmas, também traçar o perfil epidemiológico odontológico e fomentar o desenvolvimento de pesquisas e publicação de artigos com os resultados. Além disso, palestras abertas e eventos voltados ao público externo são promovidos a fim de proporcionar um maior conhecimento técnico-cientifico sobre a síndrome.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.