EFICÁCIA DA MARSUPIALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DE TUMORES E CISTOS DE ORIGEM ODONTOGÊNICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Gabrielle Cabral Melville de Souza Tenório, Marcos Paulo Santana de Oliveira, Kelly de Moura Ferreira, Leticia Ramalho Paes, Giulianna Fazolin, José de Amorim Lisboa Neto, Camila Maria Beder Ribeiro Girish Panjwani

Resumo


A marsupialização é um tratamento cirúrgico conservador para cistos e tumores, que consiste na abertura da cavidade, criando uma janela entre a mucosa bucal e a parede do cisto ou tumor; suturando o revestimento da lesão com a mucosa bucal, e estabelecendo contato entre os epitélios, possui como objetivo, reduzir a pressão dentro da lesão, levando a uma redução do seu volume, e aumentando a aposição óssea da cavidade com a intensão de preservar importantes estruturas anatômicas como ossos, dentes associados à lesão, e nervos. A presente revisão de literatura tem como objetivo revisar a eficácia da marsupialização no tratamento de cistos e tumores de origem odontogênica. Foram utilizados artigos coletados nos bancos de dados: SciELO, PubMed e LILACS, publicados entre os anos de 1998 e 2018. Os autores afirmam que a marsupialização se demonstra eficaz para o tratamento de cistos e tumores odontogênicos, à exemplo, do cisto dentígero e tumores odontogênicos queratocísticos. O tratamento único pode reduzir completamente as lesões, porém, por vezes, é necessário a realização de enucleação como tratamento secundário, pois, facilita o descolamento da lesão da parede óssea, e remoção devido ao espessamento da cápsula fibrosa. Os autores também demonstraram, uma possível diminuição da taxa de reincidência devido ao epitélio da lesão passar a se apresentar semelhante ao da cavidade oral. Guller, Sencift e Demirkol afirmam tratamento bem-sucedido, quando ocorre tumores odontogênicos queratocisticos de grandes dimensões, seguido de enucleação e a solução de Corney como complemento. Já estudos em ameloblastomas unicísticos demonstram eficácia a marsupialização combinada com curetagem e ostectomia periférica. Podemos concluir, que a marsupialização é uma técnica eficiente para a completa resolução, ou diminuição de cistos e tumores, principalmente quando associada a um tratamento secundário, como a enucleação.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.