TRATAMENTO DA OSTEOMIELITE COM PERIOSTITE PROLIFERATIVA: RELATO DE CASO

Larissa Karla de Oliveira Silva, Matheus Corrêa da Silva, Camilla Alves de Carvalho, Márcio Rafael Nascimento da Silva Lopes, Janaina Andrade Lima Salmos Brito, Inês de Fátima de Azevedo Jacinto Inojosa, Ricardo Viana Bessa Nogueira

Resumo


A osteomielite com periostite proliferativa (OPP) ou osteomielite de Garré é descrita como uma resposta inflamatória proliferativa e produtiva do periósteo frente a uma infecção (exemplo cárie dental) ou outra irritação. Esta é caracterizada pela deposição de camadas de osso reacional, de forma paralela, na face cortical do osso afetado que é descrita radiograficamente como “casca de cebola”. A mandíbula é o osso mais comumente afetado e a OPP determina no paciente uma assimetria facial devido ao aumento volumétrico em região submandibular de consistência firme e com desconforto à palpação, associado ou não à linfadenopatia. O tratamento se baseia principalmente na eliminação do foco de infecção do dente afetado por meio de exodontia, tratamento endodôntico ou periodontal, muitas vezes associada ao uso de antibióticos. O objetivo desse trabalho foi relatar o caso clínico de um paciente de 11 anos de idade que desenvolveu OPP devido a um processo carioso do dente 46. Clinicamente apresentava fístula na região submandibular direita, leve desconforto local e na radiografia panorâmica e, posteriormente, na tomografia computadorizada foi identificada uma reação produtiva periosteal associada ao dente queixoso. O dente foi abordado endodonticamente e o tratamento consistiu de instrumentação do canal com sistema Reciproc, foi utilizado Calem com PMCC como medicação, deixando agir por 15 dias consecutivos, e obturado com cones únicos. O paciente segue em acompanhamento sem recidiva, não apresenta queixas locais e apresenta resultado estético favorável. A OPP possui características radiográficas que descrevem a patologia de maneira bem específica, contudo, o conhecimento do seu curso clínico é fundamental para realização de diagnóstico diferencial com outras patologias e individualização do seu tratamento.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.