A RELEVANTE CONTRIBUIÇÃO DO CIRURGIÃO-DENTISTA NO DIAGNÓSTICO DAS MANIFESTAÇÕES ORAIS CAUSADAS PELA HANSENÍASE – REVISÃO DE LITERATURA

Robertson Delano Silva, Cristiane Oliveira de Souza Remígio, Márcia Cristina Silva Amorim, Tiago Oliveira César, Luiz Gustavo Vasconcelos Guimarães Gesteira, Maira Janiely Porto Gomes, José de Amorim Lisboa Neto

Resumo


A hanseníase, também conhecida como lepra, é uma doença infecciosa causada pela bactéria chamada Mycobacterium leprae. Apresenta uma evolução lenta, que se manifesta principalmente através de lesões granulomatosas na pele, nas mucosas e nervos periféricos. A contribuição do cirurgião-dentista no diagnóstico da hanseníase é de forma significativa, pois,através do autoexame na boca e na região maxilar, respectivamente poderão ser encontradas lesões e deformidades, devido ao estado de proliferação do estágio da doença. Os principais acometimentos da hanseníase na boca incluem gengiva, língua, região anterior da maxila, palato duro, mole e úvula. Clinicamente estas lesões apresentam-se como nódulos que necrosam, podendo ser assintomática e sintomática. Pelos resultados apresentados, nota-se a importância do cirurgião-dentista no diagnóstico de lesões e deformidades causadas pela hanseníase, sendo este, responsável para encaminhar o paciente ao serviço especializado para um diagnóstico mais preciso. O presente estudo foi realizado analisando-se casos clínicos e identificando as principais características clínicas e anatômicas causadas pelas lesões e deformidades causadas pela hanseníase. Foram utilizados, como fontes, artigos das plataformas de pesquisa SCIELO (Scientific Eletronic Library Online), Google Acadêmico e Periódico. Pelo que foi apresentado, fica evidente a necessidade do conhecimento do cirurgião-dentista sobre os aspectos da hanseníase e sua manifestação na região da boca, visando facilitar um diagnóstico prévio da doença.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.