OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM PRIMEIROS SOCORROS PARA PROFESSORES DA REDE PUBLICA DE UM MUNICÍPIO ALAGOANO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Thaysa Dayse Alves e Silva, Marília Pereira de Jesus, Amanda Angelina de Sousa, Italo Weinne Vieira Binas, Gabriel Monteiro Arnozo, Ricardo Viana Bessa Nogueira, Janaina Andrade Lima Salmos Brito

Resumo


Anualmente, cerca de 60 milhões de pessoas sofrem algum tipo de agravo de saúde ou traumatismo ou situação inesperada que necessita de ações imediatas, que caracterizam situações de urgência ou emergência. Professores da rede pública por serem multiplicadores de conhecimento devem apresentar um conhecimento básico de como se comportar em situações de urgência, especialmente quando o acontecido pode ocorrer na própria sala de aula. Esta pesquisa tem por objetivo relatar a experiência de uma oficina de capacitação em primeiros socorros para professores da rede pública de um município alagoano, como responder as seguintes perguntas: o nível de conhecimento sobre primeiros socorros é satisfatório? Trata-se de um estudo transversal, observacional e descritivo e a pesquisa foi realizada em uma escola municipal de Campo Alegre/AL. Os dados foram coletados em instrumento próprio constituído de um questionário estruturado de perguntas fechadas sobre e foram contabilizados o total de acertos no questionário, como também, a distribuição desses acertos distribuídos pelas questões de maneira individual. Participaram do estudo piloto 208 sujeitos de pesquisa, dos quais 77,9% eram do gênero feminino. A grande maioria dos participantes (88,9%) não possuía treinamento em primeiros socorros. Apenas dois sujeitos acertaram todas as questões do questionário, um sujeito errou todas (0,48%). 30,29% dos participantes acertaram metade das questões e 27,4% dos sujeitos acertaram até 80% das perguntas. Existe a necessidade de eventos periódicos de capacitação de professores sobre primeiros socorros dado a importância do tema.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.