COLOCAÇÃO DE IMPLANTE E PRÓTESE IMEDIATOS APÓS EXODONTIA EM DENTE ANTERIOR: RELATO DE CASO

Laura Freire de Carvalho, Tayguara Cerqueira Cavalcante, Aleska Dias Vanderlei

Resumo


A alta taxa de sucesso no uso de implantes imediatos levou os implantodontistas a revisarem os protocolos cirúrgicos e protéticos, favorecendo a reabilitação imediata da função e da estética. A instalação do implante com provisionalização imediata, havendo ótima estabilidade primária, possibilita reduzir o tempo de tratamento do paciente, visto que a cicatrização do alvéolo como a cicatrização do arcabouço gengival ocorrerá simultaneamente à osseointegração do implante. Assim são obtidos resultados estéticos funcionais bastantes satisfatórios. A coroa protética imediata, sendo temporária ou definitiva, obedecendo ao perfil de emergência satisfatório é colocada imediatamente após a instalação do implante pós exodontia minimamente traumática, tendo como objetivo substituir o dente perdido. Relata-se o caso de uma paciente, sexo feminino, leucoderma, 47 anos, que procurou uma clínica particular, na cidade de Maceió-AL, relatando não satisfeita com a cor do elemento 21. Dessa forma foi realizada a exodontia do elemento proposto e colocação imediata do implante seguido da coroa protética. Assim, o procedimento de colocação de implante imediato pós-exodontia dentária preserva altura e espessura óssea, reduz tempo e custo de tratamento, além de manter a arquitetura gengival, que é de suma importância para o sucesso estético da reabilitação protética e possui taxas de sucesso comparáveis aos implantes em rebordos totalmente cicatrizados. Essa técnica apesar de proporcionar mais conforto e comodidade para o paciente necessita ser executada de maneira multidisciplinar e por meio de um planejamento prévio criterioso.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.