PRÓTESE ADESIVA COM DENTE HOMÓGENO DEVIDO À AVULSÃO

José Claudio Santos Costa, Cláudia Rebecca Costa Cavalcante Silva, Patrícia Batista Lopes do Nascimento, Valdeci Elias Santos Júnior

Resumo


A reabsorção externa é uma complicação prevalente após reimplantação de dente avulsionado, tal condição pode progredir para uma exodontia. Esse procedimento cirúrgico em pacientes jovens traz consigo repercussões funcionais, como dificuldade na fala e na deglutição, e um sério comprometimento estético que pode acarretar em problemas de convívio social. Dessa forma, a prótese adesiva com o dente natural é a alternativa estética possível até que se possa realizar o tratamento definitivo, como o implante dentário. Paciente, aos 5 anos , sofreu um trauma que resultou em avulsão do dente 11, o qual fora armazenado em ambiente seco até o serviço de urgência. O dente foi reimplantado e fixado com uma contenção insatisfatória, que após instalação não ofereceu uma estabilidade adequada ao dente em questão. Assim, logo o paciente retornou ao serviço com mobilidade dentária e assim decidiram inserir uma contenção rígida que envolvia do dente 12 ao 22. No entanto, nenhum tipo de acompanhamento foi realizado. Após 3 anos de uso dessa contenção o referido paciente, junto à sua progenitora, procurou a Clínica Infantil da FOUFAL. Ao exame clínico foi verificado que dente 11 apresentava mobilidade e após exame radiográfico foi constatada reabsorção externa severa. A indicação, diante do caso, foi a reabilitação estética desse paciente com uma prótese adesiva. Para isso, utilizou-se como pôntico a coroa do dente 11 após sua exodontia e um pino de fibra de vidro como retentor, fixado nos dentes 12 e 22. Diante da impossibilidade de tratamentos definitivos, seja ele por razões financeiras ou biológicas, a prótese adesiva realizada com o próprio elemento dental se mostra como uma alternativa viável por manter o espaço, a estética e a função.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.