FRENECTOMIA LINGUAL COMO UMA SOLUÇÃO DE BULLYING NA ESCOLA: RELATO DE CASO

Herica Myllena Correia da Silva, Eduardo Marinho de Almeida Neto, Lanise Rayane Nunes Galdino, Janaina Soares da Silva, Leoclécia Correia dos Santos Silva, Rejane Kelly Andrade Beiriz, Mariana Alencar Nemezio

Resumo


O frênulo lingual é uma prega mediana de túnica mucosa que passa da gengiva, recobrindo a face lingual da crista alveolar anterior para a face póstero-inferior da língua. Alterações nesta estrutura pode ocasionar um desiquilíbrio funcional e psicossocial na vida da criança, pois o freio lingual está associado a mobilidade da língua, restringindo tanto as atividades mastigatórias como fonéticas, sendo necessária a realização da frenectomia convencional para resolução cirúrgica do caso. O objetivo deste trabalho é relatar o caso clínico de uma criança com 09 anos de idade, gênero masculino, que procurou atendimento em uma Clínica de Odontologia. O paciente relatou durante a anamnese que sofria bullying, devido à problemas na fala. Ao exame clínico observou-se problemas na fonação, devido ao frênulo alterado. Inicialmente foi realizada a anestesia regional infiltrada do nervo lingual, transfixação da língua com o fio de sutura para o tracionamento, com o objetivo de facilitar a secção do tecido. Posteriormente foi feita a divulsão das bordas da incisão bilateralmente e feita uma sutura simples. Para os cuidados pós-operatórios foram recomendados a ingestão de uma dieta fria líquida e pastosa, higienização no local da intervenção cirúrgica, encaminhamento para um acompanhamento fonodiológico e um controle odontológico, visto que o tratamento é multidisciplinar. Conclui-se que a frenectomia lingual junto com o acompanhamento do fonoaudiólogo foi uma alternativa eficaz para melhorar a qualidade de vida criança, pois a mesma passou a ser aceita no ambiente escolar.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.