EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA ANCORADA EM MINI-IMPLANTES ORTODÔNTICOS: RELATO DE CASO

Janielly Gomes dos Santos Leite, Hibernon Lopes Filho, Caio Albuquerque Leão, Dayanne Hillary Azevedo Santos, Lorena de Alencar Gonçalves Ferreira do Amaral, Raphaela Lins de Lessa Cavalcanti, Silana Nair Barbosa

Resumo


A deficiência transversal da maxila é uma deformidade dento facial caracterizada pela presença de mordida cruzada posterior uni ou bilateral. Seu diagnóstico pode ser feito a partir da avaliação clínica, análise de modelos e medidas radiográficas. Sua etiologia é multifatorial, porém, pode estar relacionada diretamente a hábitos bucais deletérios, como a sucção digital. A expansão rápida da maxila é um método estabelecido de tratamento das discrepâncias transversais. Sua característica refere-se ao fato de a força aplicada aos dentes e aos processos alveolares, através da ativação do parafuso expansor, promover a abertura da sutura palatina mediana. O caso relatado é de uma paciente de 23 anos e 6 meses de idade, mordida cruzada posterior bilateral, apresentando oclusão em classe III. O plano de tratamento proposto foi a técnica de expansão rápida da maxila assistida por mini-implantes (MARPE). Foi realizado o planejamento, confecção, instalação e ativação do MARPE, onde foi adquirido espaço na arcada superior e a paciente segue em tratamento ortodôntico. Após a realização do caso e alguns estudos realizados, foi possível concluir que o MARPE tornou-se uma proposta não cirúrgica aceitável em pacientes adultos, apresentando resultados satisfatórios com baixo custo e menores desconfortos.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.