AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO EM FARMACOLOGIA DOS CIRURGIÕES-DENTISTAS DO MUNICÍPIO DE PATOS-PB

Gustavo Henrique Porto Oliveira, Moan Jéfter Fernandes Costa, Basílio Rodrigues Vieira, Paulyana Pryscilla de Melo Freire, Gymenna Maria Tenório Guênes

Resumo


Devido ao fato dos cirurgiões-dentistas requererem de um vasto arsenal de fármacos que são imprescindíveis para muitos procedimentos durante a clínica odontológica, faz-se necessário que possuam um excelente nível de informação sobre a farmacologia destes medicamentos. O objetivo é uma análise crítica do conhecimento dos cirurgiões-dentistas em relação ao uso e aplicação correta de diversos fármacos na clínica odontológica. Através de um estudo transversal de abordagem indutiva com 100 cirurgiões-dentistas da cidade de Patos-Paraíba, foram analisados aspectos relacionados a prescrição de antimicrobianos, antiinflamatórios, anestésicos e outros, vantagens quanto ao efeito e contra-indicações, analise da conduta terapêutica e autoconhecimento. Para análise dos dados utilizou-se técnicas de estatística descritiva e inferencial. Concluiu-se que em geral os cirurgiões-dentistas entrevistados apresentam um déficit em relação a prescrição correta de determinados fármacos, mostrando ainda que esses mesmos profissionais admitem ter um conhecimento limitado na área farmacológica, evidenciando a necessidade do aprimoramento e atualização do conhecimento sobre o uso correto e efetivo de uma grande parcela de medicamentos de uso rotineiro.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.