RELAÇÃO ENTRE PRÓTESE DENTÁRIA E INFECÇÕES FÚNGICAS: REVISÃO DE LITERATURA

Lucas Mariz de Menezes Torres, Luana Ranna Silva Santos, Daniel Alves da Silva, Savana Ranyella Correia da Silva, Vanessa Silva de Moura, Laryssa Kelly Barbosa Ferro Oliveira, Danilo Cavalcante Fernandes

Resumo


Existem inúmeros métodos para evitar as infecções em próteses dentárias, uma das formas consiste em ter uma boa higienização, com escovação, limpeza com hipoclorito de sódio e os devidos cuidados, tendo as informações necessárias sobre o uso, bem como o auxilio do dentista. Descrever a literatura acerca de casos que venham mostrar a relação das infecções fúngicas na cavidade oral, com o uso de próteses dentárias. Neste estudo, foi realizada uma revisão bibliográfica da literatura. Para a busca dos artigos foi utilizada a base de dados SciELO. Para o levantamento dos artigos foram utilizados como descritores: Candidíase bucal, Prótese dentária, Lesões orais, higiene bucal e odontologia geriátrica. Os critérios de inclusão para seleção da amostra foram: artigos publicados em português, publicados e indexados na referida base de dados, nos últimos cinco anos e que retratassem a temática em estudo. Há vários procedimentos com o objetivo de promover os cuidados com a prótese, mas basicamente a conscientização e auxílio são os mais abertos. A prótese dentária além de ajudar a função e estética de pacientes que precisam de reabilitação oral das áreas desdentadas, podem ser a causa de muitos problemas, um deles seria a infecção, pois, muitos usuários possuem dificuldades em realizar a limpeza adequada, causando assim a manifestação de patologias na mucosa oral, tais como a hiperplasia papilar inflamatória, estomatite protética e candidíase.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.