PINO DE FIBRA DE VIDRO X NÚCLEO DE PREENCHIMENTO COM ZIRCÔNIA: RELATO DE CASO

Vinicius Hallan Souza de Lima, Wynie Monique Pontes Nicácio, Lilianny Querino Rocha de Oliveira, Carla Muller Ramos, Rafael Massunari Maenosono, Dayse Andrade Romão, Raphaela Farias Rodrigues

Resumo


Os pinos intrarradiculares e os núcleos de preenchimento são uma opção viável para reestabelecimento da função e estética de dentes anteriores com grande destruição coronária. Os pinos de fibra de vidro, que tem baixo custo e menor complexidade de execução do caso, além dos núcleos de preenchimento de zircônia que apresentam uma maior resistência e estética. O objetivo deste trabalho é relatar um caso de reabilitação dental com pino de fibra de vidro e com núcleo de preenchimento em zircônia. Paciente apresentava tratamento endodôntico nos incisivos centrais superiores (11 e 21). Para reabilitação desses planejou-se a confecção de duas coroas totais indiretas de cerâmica reforçadas por dissilicato de lítio. O dente 11 apresentava destruição coronária no terço incisal e presença de restaurações nas faces proximais, porém como havia tecido de suporte o conduto radicular foi preparado para cimentação de pino intracanal de fibra de vidro para o posterior preparo para coroa total. Por sua vez, o dente 21 apresentava destruição coronária total, tendo como remanescente a porção radicular, optou-se pela reconstrução com núcleo de preenchimento de zircônia. O núcleo foi fresado em CAD/CAM (Computer-Aided Design / Computer-Aided Manufacturing), apresentou boa adaptação sem necessidade de desgaste e foi cimentado ao conduto radicular com cimento de ionômero de vidro. Após, os preparos dos dentes para coroa total foram finalizados e a confecção das coroas foi concluída, sendo cimentadas com cimento resinoso dual alcançando um resultado estético satisfatório e possibilitando restaurar a função dos dentes do paciente. Em suma, a escolha correta do material a ser utilizado para reabilitação é fundamental, uma vez que depende do remanescente dental para reestabelecer as características ideais para uma oclusão adequada, evitando exodontia e instalação de prótese implanto-suportada.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.