POLARIZAÇÃO DA DOENÇA CÁRIE EM IDADE ESCOLAR - GRANDES ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS DE 1986 A 2010 NO BRASIL

Ana Beatriz Fernandes da Silva Monteiro, Marayana Delane Batista Melo, Emilly Amorim Alcântara, Arilma Selma de Oliveira Carvalho, Daniela Ferreira de Oliveira, Sebastião João da Silva Neto, Silvia Girlane Nunes da Silva

Resumo


A cárie é a doença mais frequentemente tratada na odontologia brasileira, sendo ainda a maior causa de perda dentária no país. Nas últimas décadas, ocorreu um declínio exponencial na incidência da doença no país. O presente estudo tem como objetivo estimar a polarização da cárie em crianças e adolescentes no Brasil, ressaltando os fatores determinantes para o declínio da doença e os desafios que precisam ser superados para a erradicação da perda de dentes por cárie. Para isso, foi realizado um levantamento bibliográfico nas bases de dados Scielo/LILACS e dados epidemiológicos do Ministério da Saúde. Ao longo dos anos ocorreu significativa redução na prevalência e na gravidade da doença associada a um maior acesso a serviços odontológicos restauradores. Essa tendência de declínio da cárie e o incremento no acesso aos serviços se reproduzem também nos adolescentes (15 a 19 anos). Isso corrobora o fato de que embora a prevalência e a severidade da cárie dentária tenham diminuído entre esse grupo, persistem as dificuldades para ampliar o acesso aos recursos de prevenção e assegurar tratamento dentário às pessoas afetadas. Além disso, o prognóstico da doença é pior para aqueles que se apresentam em vulnerabilidade social e residente em área rural devido a perda precoce do elemento dentário. Outro fato preocupante é o alto índice da cárie na dentição decídua que continuam não sendo tratados. As restaurações dentárias correspondem a cerca de um terço dos cuidados ofertados e a exodontia precoce ainda é considerada elevada nos dentes afetados por cárie. A ampliação do acesso à água e dos dentifrícios fluorado têm resultado em expressiva diminuição na sua prevalência geral, constituindo-se em estratégia de atenção básica necessária para reduzir a incidência da doença cárie no país.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.