USO DA CLOREXIDINA COMO SUBSTÂNCIA AUXILIAR NO PREPARO DE CANAIS RADICULARES

Mayara Cristina Cavalcante de Freitas, Daniel Pinto de Oliveira

Resumo


O uso de uma substância química auxiliar no preparo de canais radiculares é essencial para a remoção de microrganismos e produtos gerados por eles durante a instrumentação. A clorexidina, por sua ação antimicrobiana, alta substantividade e biocompatibilidade, pode ser o agente irrigante de escolha no preparo químico mecânico. O objetivo do estudo é apresentar, através de uma revisão de literatura, as principais propriedades da clorexidina como solução irrigadora no preparo de canais radiculares, seus benefícios e interação clorexidina x hipoclorito de sódio. A clorexidina é uma bisguanida catiônica que atua por adsorção na parede celular dos microrganismos e causa extravasamento dos componentes intracelulares. Em concentrações baixas possui ação bacteriostáticas e em concentrações elevadas ação bactericida obtendo amplificação da atividade antimicrobiana por meio da elevada substantividade e não tem atividade solvente sobre os tecidos. A clorexidina em gel 2% possui melhor desempenho que a forma em solução para a limpeza de canais devido à sua capacidade de ação reológica e pela lubrificação dos instrumentos endodônticos durante a ação mecânica desses. O hipoclorito de sódio é o irrigante mais usado na terapia endodôntica em que, quanto maior sua concentração, maior a ação contra microrganismos e maior efeito tóxico, já a clorexidina em gel 2% não é toxica aos tecidos e promove redução na quantidade de microrganismos. Particularmente benéfica, a clorexidina gel e líquida, principalmente na concentração 2%, tem potencial para ser usada de maneira alternativa ao hipoclorito de sódio como substância auxiliar de escolha no preparo de canais radiculares.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.