DUPLICAÇÃO RADICULAR EM INCISIVO LATERAL PERMANENTE, CAUSADA POR LUXAÇÃO INTRUSIVA NO ANTECESSOR DECÍDUO: RELATO DE CASO

Siying Chen, Laura Jacira dos Santos Freire, Luan Felipe de Azevedo Bento, Vivian Cristina de Melo, Givanildo Santos de Oliveira, Lilian Kelly Rufino Seixas, Inês de Fátima de Azevedo Jacinto Inojosa

Resumo


A luxação intrusiva consiste em um deslocamento do dente para o interior do alvéolo resultado de um impacto axial direto envolvendo traumatismo dentário, especialmente na dentição decídua, com alto risco de causar dano no dente sucessor permanente. O presente trabalho descreve um caso de duplicação radicular de dente permanente provocada por luxação intrusiva do antecessor decíduo, bem como faz uma comparação com outros casos descritos na literatura. Nesse relato apresenta um paciente do gênero masculino, 11 anos, com histórico de trauma na dentição decídua ocorrido por volta dos 2 anos de idade, procurou atendimento odontológico na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alagoas com queixa de retenção de elemento dentário permanente e fístulas na cavidade oral. Através de exames clínicos e de imagem foram constatadas alterações morfológicas e lesão periapical no dente 12. O tratamento proposto foi: cirurgia para exposição da coroa, tracionamento ortodôntico, tratamento endodôntico e proservação do caso, para a avaliação da regressão da lesão. A luxação intrusiva em dente decíduo pode causar graves sequelas ao dente permanente sucessor, sendo a duplicação radicular uma das mais raras. O atendimento especializado e o diagnóstico preciso serão decisivos para definir o tratamento adequado o melhorar o prognóstico.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.