ASPECTOS RADIOGRÁFICOS DO CÁLCULO SALIVAR NA REGIÃO DA GLÂNDULA SUBLINGUAL: RELADO DE CASO

Bruna Carla de Oliveira, Ariana Bruna Martins dos Santos, Fernanda Beatriz de Oliveira Ferreira, Isadora Maria da Costa da Rocha, Jorge Alberto Gonçalves Filho, Karine Cecília do Nascimento Souza, Vanio Santos Costa

Resumo


Os sialólitos são estruturas calcificadas que se desenvolvem no interior do sistema ductal salivar, geralmente, tem crescimento gradual, lento e assintomático. A sialolitíase é caracterizada, principalmente, pela obstrução da secreção salivar por cálculos dentro do ducto, ou mesmo, no parênquima glandular. A glândula mais acometida é a submandibular (83% a 94%), seguida pela parótida (4% a 10%) e sublingual (1% a 7%), raramente atinge as glândulas salivares menores. O objetivo deste trabalho é apresentar um caso clínico de um cálculo salivar sublingual, diagnosticada após uma radiografia panorâmica. O paciente G.I.C. do sexo masculino, compareceu a clínica radiológica, queixando-se de um volume anormal na região sublingual, com aspecto sintomático de consistência endurecida. Observou-se um volume anormal na região sublingual do paciente, foi encaminhado para realização de um exame radiográfico panorâmico, após a realização do exame notou-se a presença de uma massa radiopaca na imagem, semelhante a um cálculo salivar, comprovando a teoria de ser um cálculo salivar, de extenso tamanho. Para melhor precisão das dimensões do cálculo, foi submetido também a uma tomografia computadorizada de Cone Beam, paciente foi encaminhado para um cirurgião-dentista para uma possível remoção cirúrgica. Os cálculos grandes nas glândulas salivares são sintomáticos, e muitas vezes diagnosticados casualmente em exames de rotina. As radiografias panorâmicas e a tomografia são os melhores meios para identificação dos sialólitos de grandes proporções, por ser um exame de precisão e não invasivo. O diagnóstico clínico somado aos exames complementares radiográficos foram fatores fundamentais para elucidação definitiva do caso. Após o encaminhamento, o cirurgião-dentista decidiu o melhor meio de tratamento para o caso.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.